Media Espanhola Prisa substitui presidente executivo

Espanhola Prisa substitui presidente executivo

O grupo multimédia espanhol Prisa, dono da TVI portuguesa, anunciou hoje em Madrid a nomeação, a partir de Setembro, de um novo presidente executivo, Manuel Mirat, que substitui José Luis Sainz, que permanece na direcção da editora do El País.
Espanhola Prisa substitui presidente executivo
Lusa 30 de junho de 2017 às 15:30

A assembleia-geral de accionistas, reunida hoje na capital espanhola aprovou, na qual foi aprovada a nomeação de Manuel Mirat, também aprovou as contas anuais do grupo, por 95,67% dos votos.

 

O presidente do Conselho de Administração, Juan Luis Cebrian (à direita, na foto), preveniu os credores da empresa que "não podem permanecer insensíveis aos esforços realizados pela companhia", que nos últimos oito anos reduziu a sua dívida em 3.435 milhões de euros, pagou 1.194 milhões em juros e vendeu activos no valor de 2.743 milhões.

 

"Nos próximos meses vão ser tomadas decisões que irão afectar de forma drástica o tamanho e perímetro do grupo, mas também a redução da dívida", disse Cebrian.

 

A Prisa está a negociar com a francesa Altice, dona da PT Portugal, a eventual venda de activos do grupo português Media Capital, da qual faz parte a TVI.

 

O grupo espanhol teve em 2016 perdas de 67,9 milhões de euros, depois de ter apresentado lucros de 5,3 milhões em 2015.

 

Mas o resultado antes de impostos no ano passado foi de 49,7 milhões de euros, três vezes superior ao de 2015.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub