Transportes Estado converte créditos e aumenta capital da STCP em 27,5 milhões

Estado converte créditos e aumenta capital da STCP em 27,5 milhões

A empresa de transporte público, que será gerida pelas autarquias da Área Metropolitana do Porto mas continuará a ser do Estado, emite novas acções.
Estado converte créditos e aumenta capital da STCP em 27,5 milhões
José Rebelo/Correio da Manhã
Negócios 03 de fevereiro de 2017 às 13:15

A Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) informou esta sexta-feira, 3 de Fevereiro, que por deliberação do Estado foi aumentado o capital social no montante de mais de 27,5 milhões de euros por conversão de créditos detidos pelo Estado/Direcção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF).

De acordo com o comunicado, a empresa refere que a conversão de créditos totalizou 27.501.829,27euros, acrescidos de 73 cêntimos em numerário, tendo em conta que o aumento de capital se realiza pela emissão de 5.500.366 novas acções com o valor nominal de cinco euros cada.

O capital social da STCP passa a 143.289.490 euros, representado por 28.657.898 acções.

A STCP acrescenta que "o aumento de capital enquadra-se nas operações reguladores das empresas públicas e vem reforçar o capital social da empresa, permitindo a amortização de dívida ao Estado através da redução de créditos concedidos pela DGTF".

O aumento de capital da STCP acontece quando a empresa, que continuará a ser detida pelo Estado, vai passar a ser gerida pelos municípios da Área Metropolitana do Porto cobertos pela sua rede durante um período de sete anos.

Em Lisboa, concretizou-se esta semana a transferência da Carris para a autarquia da capital, sendo que no caso do Porto os contratos que vão permitir aos seis municípios assegurar a gestão têm de obter primeiro luz verde do Tribunal de Contas.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Investidor Há 2 semanas

Titulo alternativo, 100% verdadeiro e mais fácil de entender: "Estado perdoa divida a empresa pública". Assim pode voltar a endividar-se sem dar mau aspecto. Siga para bingo. Há dinheiro para tudo. Só eu é que não tenho, o resto do país vive que é uma maravilha...

Anónimo Há 2 semanas

ahahha! O Estado empresta para a empresa poder ... pagar ao estado?!??!! lindo! é só calotes!
"o aumento de capital enquadra-se nas operações reguladores das empresas públicas e vem reforçar o capital social da empresa, permitindo a amortização de dívida ao Estado"

pub