Bolsa Estoril Sol sobe para máximos de mais de sete anos após licença de jogo online

Estoril Sol sobe para máximos de mais de sete anos após licença de jogo online

As acções da Estoril Sol subiram mais de 3% depois de ter sido conhecido que recebeu a oitava licença de jogo online em Portugal.
Estoril Sol sobe para máximos de mais de sete anos após licença de jogo online

As acções da Estoril Sol terminaram a sessão a subir 3,36% para 7,38 euros, o que corresponde ao valor mais elevado desde 13 de Janeiro de 2010. Desde o início do ano, as acções da dona do Casino Estoril e do Casino Lisboa já quase triplicaram de valor.

 

A subida das acções da Estoril Sol estará relacionada com a notícia sobre ter recebido uma licença de jogo online, uma notícia que foi conhecida esta segunda-feira, 7 de Agosto.

 

A Estoril Sol, dona do Casino Estoril e do Casino Lisboa, vai alargar a sua oferta de jogo online, depois de ter recebido do Turismo de Portugal licença para explorar apostas desportivas.

A licença, emitida a 4 de Agosto, é a oitava atribuída pelo Serviço de Regulação e Inspecção de Jogos, sendo válida por três anos.


A Estoril Sol Digital Online Gaming Products and Services – que resulta de uma parceria com os belgas da Gaming1, cada uma com 50% - passa entra assim na área das apostas desportivas, depois de, em Julho de 2016, ter sido a primeira com licença para operar um casino online em Portugal, com "slot machines", roletas e "blackjack".

As apostas desportivas já estão disponíveis no site, incluindo quatro modalidades: futebol, ténis, basquetebol e râguebi.


Na primeira semana de jogo, anunciou já em Agosto do ano passado, a empresa distribuiu mais de um milhão de euros em prémios. Ao longo do último ano foram mais de 400 milhões, confirmou a empresa ao Negócios.

A Bet deixa de ser a única operadora a disponibilizar, em simultâneo, jogos de fortuna e azar e apostas desportivas, após esta nova licença atribuída à Estoril Sol Digital.


No final de Julho, o Turismo de Portugal tinha 15 requerimentos em análise, com alguns deles a conter "pedidos para mais do que uma licença". Na fase final encontravam-se quatro pedidos, um deles da Estoril Sol.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub