Media Ex-ministro das Finanças britânico passa a director do jornal Evening Standard

Ex-ministro das Finanças britânico passa a director do jornal Evening Standard

O ex-ministro das finanças britânico, que saiu das funções após o referendo do Brexit, vai ser o novo director do jornal londrino Evening Standard.
Ex-ministro das Finanças britânico passa a director do jornal Evening Standard
Reuters
Negócios 17 de março de 2017 às 12:59

George Osborne, antigo ministro das Finanças do Reino Unido, será o novo director do jornal Evening Standard. A informação foi confirmada esta sexta-feira pelo proprietário da publicação, Evgeny Lebedev.

"Estou entusiasmado por anunciar que o novo director do Evening Standard é George Osborne"." Estou orgulhoso por ter um director de tal substância, que reforça a posição e influência do Standard em Londres", revelou na sua conta do Twitter.

Evgeny Lebedev considera ainda que "o ponto de vista político - socialmente liberal e economicamente pragmático – [de Osborne] corresponde ao de muitos dos nossos leitores", escreveu numa outra publicação na mesma rede social.

 

George Osborne, de 45 anos, deixou o cargo de ministro das Finanças britânico depois do referendo do Brexit. Osborne foi um dos principais defensores da permanência do Reino Unido na União Europeia.

 

Em comunicado, citado pela Reuters, diz que "está orgulhoso de ser um deputado conservador, mas como director e líder de uma equipe de jornalistas dedicados e independentes, o nosso único interesse será dar uma voz a todos os londrinos". "Seremos um jornal sem medo a lutar pelos seus interesses", acrescentou.

 

No mês passado também foi noticiado que George Osborne tinha passado a ser consultor do banco de investimento BlackRock. Osborne "vai manter-se como deputado e continuará a votar e a contribuir no Parlamento durante a tarde depois de o jornal seguir para a impressão", refere uma notícia colocada no site do Evening Standard.

Osborne substituirá Sarah Sands, a directora do London Evening Standard, que no início do ano saiu para a BBC Radio.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub