Negócios Iniciativas Excellens Oeconomia distingue os melhores

Excellens Oeconomia distingue os melhores

O Negócios e a PwC entregaram na quinta-feira, 25 de Maio, os prémios Excellens Oeconomia, que visam reconhecer e distinguir os melhores casos de sucesso na nossa economia.
Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço Inês Lourenço
Negócios 26 de maio de 2017 às 19:52

Nesta edição foram premiados o Pestana Group Hotel, Nuno Amado, CEO do BCP, e Fortunato Frederico, ex-presidente da APICCAPS e líder do grupo Kyaia.


A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 semanas

Realmente é preciso ter uma certa arte para conseguir obrigar o Estado a abarcar com tamanhos custos de oportunidade como aqueles que representam os CoCos e restante subsidiação e resgate ao sector bancário detido por privados. O banqueiro premiado é efectivamente um campeão ao nível do seus pares. Parabéns a mais este grande artista português.

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

Os cidadãos portugueses que se interessam pela actualidade económica e que não são assalariados de um banco nem do sector público, não percebem que todo o dinheiro que o Estado empatou a salvar bancários de bancos insolventes do sector privado e funcionários públicos excedentários poderia ter sido posto a salvo desses amigos do alheio e aplicado num Fundo Soberano como o que a Noruega, Singapura, Hong Kong, Coreia do Sul, Austrália, Irlanda, Chile, etc. têm, obtendo potenciais retornos sobre o investimento muito mais elevados e contribuindo para a sustentabilidade desse mesmo Estado de forma mais justa e equilibrada?

Anónimo Há 4 semanas

Há ai bons gestores e empreendedores. Mas dado que também se premeiam bancários, façam um prémio destes que englobe no universo de candidatos a concurso todo o tipo de extorsionistas, desde os da banca aos dos sindicatos, sem esquecer os políticos corruptos. Fica mais interessante e competitivo enquanto prova.

Anónimo Há 4 semanas

Realmente é preciso ter uma certa arte para conseguir obrigar o Estado a abarcar com tamanhos custos de oportunidade como aqueles que representam os CoCos e restante subsidiação e resgate ao sector bancário detido por privados. O banqueiro premiado é efectivamente um campeão ao nível do seus pares. Parabéns a mais este grande artista português.

nin Há 4 semanas

Esperemos que estes nomes não vão engrossar a lista de notáveis gestores, reconhecidos e premiados internacionalmente, que levaram quase o país à ruína e deixaram milhares de investidores falidos.
O Sr. Amado é um deles, e o Sr. Pestana faz lóbi contra a AirBNB para fazer falir milhares.

pub