Indústria Fábricas da Sonae Indústria afectadas pelos incêndios

Fábricas da Sonae Indústria afectadas pelos incêndios

Ainda não há impacto económico conhecido dos potenciais danos causados nas unidades da Sonae Indústria em Oliveira do Hospital e Mangualde.
Fábricas da Sonae Indústria afectadas pelos incêndios
Paulo Duarte
Diogo Cavaleiro 16 de outubro de 2017 às 13:06

Duas fábricas da Sonae Indústria estão encerradas esta segunda-feira, 16 de Outubro, devido aos incêndios que ocorreram nas zonas onde estão localizadas: Oliveira do Hospital e Mangualde.

 

"A Sonae Indústria, SGPS, SA informa que os graves incêndios que estão a afectar a zona centro de Portugal atingiram, durante esta madrugada, as fábricas de Oliveira do Hospital e Mangualde, propriedade de uma participada integral da Sonae Arauco, SA, sociedade detida em 50% por esta sociedade", indica o comunicado.

 

As unidades estão, neste momento, encerradas, e não há acesso sem restrições, pelo que ainda não foi possível realizar uma análise da extensão dos danos. "Em termos económicos, o impacto ainda não é conhecido, mas a sociedade proprietária daquelas fábricas tem um seguro de perdas patrimoniais e de lucros cessantes", conta a empresa liderada por Christopher Lawrie (na foto). 

 

A companhia de aglomerados de madeira acredita que os "danos estarão confinados aos parques de madeira e zonas limítrofes".

 

No sector dos automóveis, a PSA de Mangualde está também encerrada devido às vias intransitáveis.

 

Este domingo foi marcado, em território nacional, por mais de 500 incêndios, que vitimaram, segundo números confirmados pelas 13:00, 31 mortos e que causaram 51 feridos. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 dias

RESUMIR ESTES ACONTECIMENTOS A FACTORES ESQUERDA/DIREITA, É PRÓPRIO DE ATRAZADOS MENTAIS!
O PROBLEMA É MUITO MAIS PROFUNDO!
OS PALHAÇOS DA COMUNICAÇÃO SOCIAL, EM VEZ DE SE DEDICAREM APENAS AO ESPECTÁCULO TELEVISIVO E FOTOGRÁFICO, PODERIAM POR EXEMPLO, INFORMARM-NOS O QUE ACONTECEU AOS PERTO DE 100 INDIVÍDUOS DETIDOS EM 2017 POR SUSPEITA DE FOGO POSTO!

pub