Redes Sociais Facebook vai contratar 500 novos funcionários no Reino Unido

Facebook vai contratar 500 novos funcionários no Reino Unido

A rede social fundada por Mark Zuckerberg vai aumentar a sua força de trabalho no Reino Unido em 50%. Segundo a empresa, as vagas são, sobretudo, para engenheiros altamente qualificados.
Facebook vai contratar 500 novos funcionários no Reino Unido
Bloomberg
Rita Faria 21 de Novembro de 2016 às 09:45

O Facebook vai aumentar a sua força de trabalho no Reino Unido em 50%, com a contratação de 500 novos funcionários, segundo avançou a empresa esta segunda-feira, 21 de Novembro.

Apesar do Brexit, a rede social fundada por Mark Zuckerberg vai mudar-se para uma nova sede em Londres no próximo ano e tem planos para aumentar o número total de funcionários de 1.000 para 1.500

"Muitas dessas novas vagas serão trabalhos de engenharia altamente qualificados", afirmou Nicola Mendelsohn, vice-presidente do Facebook para a Europa, Médio Oriente e África, num comunicado citado pela Bloomberg. "O Reino Unido continua a ser um dos melhores lugares para uma empresa de tecnologia e é uma parte importante da história do Facebook".

O Facebook chegou a Londres em 2007. Nove anos depois, o Reino Unido é já o lar da sua maior base de engenharia fora dos Estados Unidos, onde conta com trabalhadores de 65 nacionalidades distintas.

O anúncio da rede social é conhecido uma semana depois de a tecnológica Google ter anunciado que vai aumentar o seu investimento em Londres, com a contratação de cerca de três mil funcionários.  

A garantia foi deixada na terça-feira, 15 de Novembro, num comunicado da empresa detida pela Alphabet, que refere que esta expansão implicará acrescentar mais um edifício, com 10 andares, no seu campus de Kings Cross, a norte de Londres.

"Estamos empenhados no Reino Unido e empolgados para prosseguirmos o nosso investimento no nosso novo campus de Kings Cross", salientou o seu presidente executivo, Sundar Pichai, citado pela Reuters.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

ESTÁ EM MARCHA O NOVO PLANO MARSHALL

APOIAR OS BRANCOS (UK) E DIVIDIR A EUROPA

UK / USA / AUSTRALIA / NOVA ZELANDIA / CANADA

TODOS UNIDOS

pub
pub
pub
pub