Imobiliário Fãs de Trump já podem alugar no AirBnb a casa de infância do presidente

Fãs de Trump já podem alugar no AirBnb a casa de infância do presidente

Os fãs de Donald Trump ou os simplesmente curiosos sobre o local onde o 45.º Presidente dos Estados cresceu, podem alugar a casa onde cresceu por 725 dólares por noite na Internet, no portal de arrendamento AirBnb.
Negócios com Lusa 09 de agosto de 2017 às 18:49
De acordo com a agência de notícias francesa AFP, a casa onde Donald Trump viveu durante os seus primeiros quatro anos de vida está situada em Queens, Nova Iorque, e pode alojar até 20 pessoas por noite nos cinco quartos disponíveis.

A casa, descrita como de "falso estilo Tudor", tem uma figura em cartão de tamanho real do Presidente, na sala de estar, e está disponível no conhecido portal da Internet.

"Decidimos disponibilizá-la no AirBnb para partilhar a casa com o resto do mundo, explicou o investidor privado Michael Davis à AFP, assegurando que "é o local perfeito para umas férias em Nova Iorque".

Situada no bairro Jamaica Estates, a habitação foi construída em 1940 por Fred Trump, o pai de Donald Trump.

A propriedade em casa tem dois andares, cinco quartos, quatro casas de banho, garagem e um pequeno pátio. A habitação foi comprada em Janeiro por um investidor não identificado, que pagou 2,15 milhões de dólares.

Em Junho, o investidor anunciou querer capitalizar a ligação de Trump ao imóvel e pede uma renda de entre 3.500 e 4 mil dólares, consoante as despesas mensais incluídas.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub