Aviação Fernando Pinto diz que é unânime que Aeroporto de Lisboa precisa de crescer

Fernando Pinto diz que é unânime que Aeroporto de Lisboa precisa de crescer

O presidente da TAP considera que é necessário definir a "forma mais rápida e eficiente" para aumentar a capacidade aeroportuária em Lisboa.
Fernando Pinto diz que é unânime que Aeroporto de Lisboa precisa de crescer
Sara Matos
Maria João Babo 06 de dezembro de 2016 às 17:27

O presidente da TAP, Fernando Pinto, sublinhou esta terça-feira, num encontro com jornalistas, que o aeroporto de Lisboa "precisa de crescer", salientando que essa é uma opinião não só de David Neeleman, um dos donos da companhia aérea, mas que reúne "unanimidade".

 

"Não há dúvida, mas agora é ver como fazê-lo da forma mais rápida e eficiente possível", salientou, lembrando que esse "é um trabalho principalmente da ANA", mas que "todos em conjunto queremos ajudar e trabalhar para isso".

Fernando Pinto recordou que a companhia aérea não participa directamente nesta discussão, que compete à ANA e à sua accionista Vinci, mas manifestou a expectativa de que possa haver em breve uma definição quanto à solução para o aumento da capacidade aeroportuária na região de Lisboa.

Em Novembro, à margem de uma conferência no Web Summit, em Lisboa, David Neeleman disse estar "um pouco frustrado com o aeroporto que não está a abrir mais espaço, porque estamos (a TAP) a crescer mais rápido do que o aeroporto".

"Não podemos crescer se eles dizem que está limitado. Temos de abrir outro aeroporto. O Montijo está lá. Não podemos esperar três anos para isso acontecer. Essa é a minha maior preocupação", destacou.

Em declarações aos jornalistas, Neeleman defendeu então que a TAP, a ANA e o Governo devem trabalhar em conjunto, até porque o turismo é uma grande fonte de receitas para o país.

O Governo já remeteu para 2017 uma decisão relativamente à solução que deverá ser "Portela+1", com a utilização do Montijo.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Rogério Há 4 dias

Expandam até Entrecampos e funcionem toda a noite, que a malta que vive perto do aeroporto não necessita dormir, especialmente as crianças! Que se lixe o descanso, Lisboa já virou mesmo um cabaret imenso! FORÇA ILUSTRES

Anónimo Há 4 dias

O meu cresce logo com massagens o do Fernando cresce com o nosso dinheiro e que tal irem trabalhar ! Hem ?

pub