Telecomunicações Fibra óptica da Meo já chega a quatro milhões de casas

Fibra óptica da Meo já chega a quatro milhões de casas

A PT/Altice já levou o seu serviço de fibra óptica a quatro milhões de lares, anunciou esta manhã a empresa em conferência de imprensa. Para assinalar a data, a Meo vai lançar pacotes com uma velocidade de download de 1 gigabit por segundo.
Fibra óptica da Meo já chega a quatro milhões de casas
Marta Poppe
Bruno Simões 07 de setembro de 2017 às 10:59
A rede de fibra óptica da PT já chegou a quatro milhões de casas em Portugal, o que representa uma cobertura de 66% dos lares portugueses, anunciou a empresa numa conferência de imprensa esta manhã, em Lisboa. A empresa, que é controlada pela Altice, que diz ser o maior player global do mundo de telecomunicações, vai hoje lançar também uma campanha para promover um novo pacote com velocidades até um gigabit por segundo.

A PT anunciou também o lançamento de um novo router, totalmente desenvolvido em Portugal no Altice Labs, em Aveiro, que vai permitir não só as novas velocidades de download até um gigabit por segundo (ou seja, 1.000 megabits) mas também uma velocidade de internet sem fios (wi-fi) doméstica mais de 10 vezes superior à actual (até 1,73 gigas, quando actualmente ela está limitada a cerca de 130 megas).

A CEO da PT, Cláudia Goya (na foto), diz que este é um "momento muito importante" para a empresa. "Este marco está inserido no plano de deployment de cobrir 5,3 milhões de casas em Portugal até 2020 e vem reforçar o forte investimento do grupo em infraestruturas, o que vai posicionar a PT como um grande caso de sucesso em Portugal, na Europa e no mundo", assinalou a responsável, que aproveitou a ocasião para se apresentar pela primeira vez à imprensa.

João Epifânio, director de vendas da empresa, diz que existem 5,9 milhões de casas em todo o país, pelo que este marco alcançado pela PT representa a "cobertura de 66%, o que contrasta com 24% de média europeia. Estamos na linha da frente na inovação e redes de alto débito", salientou. Desde o último trimestre de 2015, a PT levou a fibra a 1,5 milhões de casas, o que significa que todos os dias a tem levado a 2.800 novas residências, o que representa 75 mil a 85 mil novos lares por mês, um "investimento quase único no mundo", detalhou Alexandre Fonseca, director de tecnologia da PT.

"As redes de nova geração são críticas para podermos oferecer aos nossos clientes uma experiencia ímpar", notou Cláudia Goya. E para assinalar a ocasião, a PT vai lançar uma nova oferta de fibra, com o equipamento desenvolvido na Altice Labs em Aveiro, que vai disponibilizar uma "oferta de wi-fi 10 vezes mais rápida, para permitir ter mais equipamentos com melhor desempenho". A campanha publicitária será lançada precisamente esta quinta-feira em diversas plataformas.

O novo aparelho de internet de sua casa pode ser de Aveiro

O novo gateway (o nome atribuído aos routers de internet com entradas de voz) da Meo, que vai permitir velocidades inovadoras de download, upload e também de wi-fi, foi construído a partir do zero em Aveiro. "Tudo o que está aqui dentro foi desenvolvido, inventado e produzido integralmente em Portugal. Tudo o que está subjacente a isto foi desenvolvido em Aveiro a partir de uma folha em branco", explicou Alexandre Fonseca.

"Nada nos pode orgulhar mais do que ter uma das caixas mais avançadas do mundo em termos de gateway de internet", acrescentou. Praticamente todos os componentes são produzidos em Portugal, à excepção do chipset. O equipamento está equipado com sete antenas, quatro em banda de 5 Ghz e três em 2,4 Ghz. São essas antenas que permitem um débito superior aos que estão actualmente nas casas dos clientes, bem como um sinal mais forte.

A Altice Labs, em Aveiro, alberga "700 engenheiros altamente qualificados nas mais variadas valências, a desenvolver hardware e software, que vai chegar a 35 países em cinco continentes, o que é prova da qualidade do trabalho que está a ser feito", destacou Alexandre Fonseca.

Os novos pacotes de fibra óptica oscilarão entre os 44,99 euros e os 83,99 euros, conforme se opte por um pacote com dois serviços ou pelo pacote com cinco serviços, incluindo telemóvel. São preços superiores em "10 a 15 euros" face aos que são actualmente praticados, sustentou João Epifânio. Qualquer cliente da Meo poderá pedir o upgrade deste novo serviço, tendo para isso de pagar 40 euros pela deslocação do técnico e 4,99 euros por mês de aluguer do router.

O objectivo da PT passa precisamente por migrar os "cerca de 1,5 milhões de clientes de rede fixa e cerca de 640 mil clientes já em fibra" para a este novo produto de fibra óptica, afirmou director de vendas da empresa.



A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

São todos uma cambada de vigaristas operadores e reguladores. Até podiam publicitar 1Terabit que nada mudava pois a única coisa que interessa é o mínimo garantido e esse continua a ser Zerobits e o regulador quêdo e mudo é o principal responsável por este embuste. Na praia da Almagreira em Peniche não existe rede móvel (pelo menos da Meo e da Nos). E isto é no litoral que tem a fama de ser uma região privilegiada. Imagino o que será no interior.
Sinto nojo desta gente!

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 dia

Tenho 1mb desde a 20anos atras , 5,3 milhoes ate 2020 de certeza que continuarei com 1mb , a meo faz o que quer porque sabe que nao tem concorrencia e sendo assim tasse a marinbar para os seus clientes e que o 4g tb e muito mau , acho que vai vir 2020 e nao vai haver internet , isto e uma vergonha..

Anónimo Há 1 semana

Tenho um telemóvel com 4G e Dual SIM.Tenho portanto 1 cartão Meo e 1 Vodafone. Até hoje sempre que estou numa zona do País com acesso à internet 4G da meo e Vodafone e faço testes de velocidade, na Meo não consigo mais de 6 ou 7 megas, na vodafone consigo sempre 20 e até já 60 megas, porque será?

Anónimo Há 1 semana

E eu que moro em Lisboa só tenho ADSL da PT !!! Graças a Deus tenho Fibra da NOS.

fmcadilhe Há 1 semana

Tenho MEO ADSL com uma velocidade de miséria de 0.8 Mbps. Não há fibra, nem WiFi... nada !!!! Seria interessante ter a Cláudia Goya como a minha vizinha.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub