Telecomunicações Fibra óptica sustenta crescimento do mercado de televisão

Fibra óptica sustenta crescimento do mercado de televisão

As operadoras aumentaram em 3,8% o número de clientes com subscrição de serviços de televisão no primeiro trimestre.  
Fibra óptica sustenta crescimento do mercado de televisão
Bloomberg
Nuno Carregueiro 08 de junho de 2017 às 17:24

O número de assinantes do serviço de televisão por subscrição aumentou para 3,7 milhões no primeiro trimestre do ano, anunciou hoje a Anacom, que dá conta que este crescimento foi sustentado pelas ofertas suportadas em fibra óptica.

 

O número de clientes em Março representa um aumento de 22 mil face ao trimestre anterior e de 135 mil (3,8%) contra Março do ano passado. Na fibra óptica, o número de subscritores aumentou 6,3% em relação ao trimestre anterior e 29,4% em termos homólogos.

 

O peso da fibra óptica no total de assinantes ascendeu aos 30,4%, ainda abaixo dos 36,6% do cabo, 17,4% do xDSL e 15,6% do DTH.

 

A Nos manteve a liderança deste segmento, com uma quota de 43,5%, à frente da Meo (38,4%), Vodafone (13,2%) e Nowo (4,8%). A operadora britânica foi a que mais cresceu, tendo mesmo liderado no número de clientes captados.

 

Segundo a Anacom, as receitas do serviço de televisão paga (stand-alone e pacotes que englobam este serviço) subiram 4,9% face ao mesmo período do ano anterior, para cerca de 470 milhões de euros.

 

No final de Março, cerca de 15,8% dos lares que dispunham deste serviço tinham acesso a canais premium, o que traduz uma descida de 2 pontos percentuais face ao período homólogo. 78,3% dispunham de mais de 80 canais (um aumento de 2 pontos percentuais em termos homólogos).




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

17,4% dos clientes ainda estão pendurados no ADSL com velocidades de download máximas de 24Mbps e upload de 1,4Mbps para os sortudos que estão a menos de 1 Km da central e pagam o mesmo da Fibra... Realmente o preço da internet em Portugal é um absurdo...

Anónimo Há 2 semanas

Não percebo como a maioria das famílias tem internet, ao preço que custam os pacotes, impossível como conseguem ter estes compromissos mensais, como não percebo porque o contribuinte tem de suportar Despesas a encontrar Pirataria de serviços de Cabo, no máximo o Estado apenas julgaria por denuncia.

pub