Automóvel Fim da paz laboral na Autoeuropa marcou debate político
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Fim da paz laboral na Autoeuropa marcou debate político

A direita acusa o sindicato afecto à CGTP de estar a partidarizar um conflito laboral. A esquerda defende-se e diz que o foco está em proteger emprego e exportações.
Fim da paz laboral na Autoeuropa marcou debate político
Pedro Elias
Wilson Ledo 06 de setembro de 2017 às 22:30

Ao longo do último fim-de-semana, já depois da greve de 30 de Agosto, a Autoeuropa marcou o discurso político à esquerda e à direita.

Na Festa do Avante, o líder do PCP, Jerónimo de Sousa,

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Catarina Martins tem de ser punida! Há 2 semanas

A estérica esganiçada anda a falar em nome dos Portugueses! Não se enxerga?! Vá para a Coreia do Norte ou Venezuela aplicar as suas leizinhas de caca! Nesses países esquerdalhos e ditatoriais vê-se bem o nível de vida de lixo! É isso q o Bloco de Esterco almeja para Portugal, atraso e miséria?!

A esquerdalha só produz FOME Há 2 semanas

Mas q péssima imagem passa lá para fora para os investidores! Portugal necessita de investimentos como pão para a boca, e estas greves afastam tudo. As esganiçadas estéricas, o dinossauro Jerónimo mais o seu braço armado Arménio Carlos deviam ser fuzilados se a fábrica for deslocalizada. Pulhas.

limpinho Há 2 semanas

Respeito os trabalhadores e o seu direito à greve enquanto assumirem as consequências das suas decisões. Depois não venham pedir a intervenção do governo quando a produção passar para os países de leste que estão a financiar certos sindicatos.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub