Desporto Fiscalização da ASAE na Supertaça levou à detenção de seis pessoas

Fiscalização da ASAE na Supertaça levou à detenção de seis pessoas

Foram detidas seis pessoas por especulação de bilhetes para o jogo da Supertaça de futebol, entre o Benfica e o Vitória de Guimarães, comunicou a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).
Fiscalização da ASAE na Supertaça levou à detenção de seis pessoas
Lusa 06 de agosto de 2017 às 09:59

Depois de num primeiro comunicado a ASAE ter dado conta que tinham sido detidas quatro pessoas em Lisboa, no Porto e em Vila Nova de Gaia, a ASAE revelou, num segundo comunicado, que o número de detidos tinha subido para seis.

Através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, a ASAE explica que desencadeou uma operação de fiscalização no âmbito do jogo da Supertaça Cândido de Oliveira.

"Como resultado da acção, foram detidos seis indivíduos, em flagrante delito, em Lisboa, Porto e Vila Nova de Gaia, pela prática ilícita de especulação de bilhetes, que se encontravam à venda através da internet. Foram apreendidos 22 bilhetes, encontrando-se os mesmos à venda por valores que chegavam a ultrapassar o triplo do valor facial", refere o último comunicado da ASAE.

Alguns dos detidos, entre os quais um reincidente, foram já presentes a julgamento em processo sumário, aguardando os restantes ser presentes a tribunal na próxima semana.

"Foi ainda realizada acção de fiscalização no âmbito do combate à contrafacção, tendo sido instaurado processo por crime por venda, circulação e ocultação de marca protegida e apreendidos 1.335 artigos diversos contrafeitos", acrescenta a ASAE.