Banca & Finanças Fitch melhora perspectiva do “rating” do BPI que passa a “positiva”

Fitch melhora perspectiva do “rating” do BPI que passa a “positiva”

A agência de notação de crédito melhorou a perspectiva do “rating” do BPI de “estável” para “positiva”, em linha com a revisão do “outlook” de Portugal. E reflectindo a avaliação feita ao CaixaBank, accionista dominante do banco.
Fitch melhora perspectiva do “rating” do BPI que passa a “positiva”
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 21 de junho de 2017 às 20:24

A Fitch passou de "estável" para "positiva" a perspectiva da notação de "rating" do BPI. Na mesma nota, divulgada esta quarta-feira, 21 de Junho, a agência internacional de notação de crédito reafirmou o rating do banco controlado pelo CaixaBank em BBB-, um nível acima do patamar considerado "lixo".

 

Esta decisão surge em linha com a "revisão do ‘outlook’ de Portugal para ‘positivo’", anunciada a 16 de Junho, refere a nota da Fitch.

 

A agência justifica a alteração da perspectiva do "rating" do BPI com a necessidade de "reflectir o ‘outlook’" do CaixaBank. Aliás, o banco português apresenta uma notação de BBB-, acima da da República (BB+) graças à avaliação que a Fitch faz do grupo catalão, que apresenta um "rating" de longo prazo de BBB, com perspectiva positiva.

 

"A Fitch acredita que Portugal é um mercado estrategicamente importante para o CaixaBank, como demonstra o investimento de longo prazo no BPI e a recente tomada de controlo assumida em Fevereiro, que aumentou a sua participação accionista para 84,5%", refere a nota da agência, que justifica a avaliação do banco português com a "forte probabilidade de apoio" do grupo catalão, "em caso de necessidade".



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub