Empresas Fosun cria nova empresa para agregar activos do turismo e cultura

Fosun cria nova empresa para agregar activos do turismo e cultura

O grupo Fosun criou uma nova empresa em Setembro para reunir os activos ligados ao turismo e cultura.
Fosun cria nova empresa para agregar activos do turismo e cultura
Negócios 30 de Novembro de 2016 às 13:54

A Fosun, cujo mais recente investimento em Portugal foi o BCP, criou uma nova empresa: Fosun Tourism and Culture Group. Nesta nova entidade, a empresa agrega todos os activos relacionados com turismo e cultura. São eles o Club Med e a Thomas Cook.

 

O Club Med foi comprado pelo grupo Fosun em Fevereiro de 2015, tendo o grupo entrado, cerca de um mês mais tarde, na Thomas Cook.

 

Mais de um ano depois, o grupo Fosun avançou com a consolidação dos negócios numa única entidade. Foi em Setembro que foi registada a Fosun Tourism and Culture Group. Esta operação insere-se na estratégia de reestruturação da empresa, devido às várias aquisições realizadas desde 2010, e de estratégia comercial, com o grupo a tentar ascender à liderança da indústria de turismo e lazer.

 

No segmento cultural, grupo de Guo Guangchang (na foto) comprou também 55% do Cirque du Soleil em 2015 (em parceria com o grupo norte-americano TPG).

 

Em Portugal, a Fosun é dona da Fidelidade, desde 2014, e da Luz Saúde. O mais recente investimento da empresa liderada por Guo Guangchang foi feito no BCP, tendo comprado 16,7% do banco, num investimento de 175 milhões de euros. 

Em Outubro foi também noticiado que o Club Med vai investir numa segunda unidade em Portugal e está no terreno a estudar possibilidades. A costa alentejana, e concretamente o concelho de Grândola, é a área em destaque na aposta dos chineses.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Criador de Touros Há 6 dias

O fluxo de negócios da Fosun a passar pelo BCP é algo que nós accionistas aguardamos com satisfação...Os dados estão lançados e os chineses mandam, veremos a reação das palancas negras , agora num contexto petrolífero diferente...

pub