Media Fox avança com compra da Sky por 13,9 mil milhões

Fox avança com compra da Sky por 13,9 mil milhões

A Fox oficializou a oferta de compra pelo resto do capital da Sky, oferecendo um prémio de 36% face ao valor de fecho das acções na última quinta-feira, dia anterior às notícias sobre este negócio.
Fox avança com compra da Sky por 13,9 mil milhões
Bloomberg
Sara Antunes 15 de dezembro de 2016 às 13:07

A 21st Century Fox anunciou que avançou formalmente com a oferta pelo controlo exclusivo da Sky. Oferece 11,7 mil milhões de libras (13,9 mil milhões de euros), ou 10,75 libras por cada acção.

 

O que significa que Rupert Murdoch oferece um prémio de 36,16% face à cotação de fecho das acções da Sky na última quinta-feira, dia que antecedeu as notícias sobre o interesse da Fox na compra do restante capital da estação de televisão britânica.

 

A Fox, já detém 39% do capital da Sky, avançou assim com esta operação, numa altura em que Murdoch está a tentar consolidar o império de televisão. A oferta avalia a Sky em 18 mil milhões de libras.

 

Para que a operação se conclua, serão agora necessárias as aprovações dos reguladores. 

 

O sector de media está assim em alvoroço. Este negócio segue a compra da Time Warner pela AT&T, por 85,4 mil milhões de dólares.

 

Em Portugal, a Prisa colocou a Media Capital à venda e os franceses da Altice estarão entre os interessados, uma notícia que foi avançada pelo Expresso há cerca de um mês. 

 

Entretanto, o banco de investimento Haitong emitiu uma nota de análise onde considera que a Nos poderá avançar para a compra da Impresa, dona da TVI, caso avance o negócio entre a PT Portugal/Altice e a Media Capital, dona da TVI. Esta análise teve por base declarações do presidente da Nos, Miguel Almeida, ao Expresso: "Se a Altice/PT comprar a TVI e os reguladores não fizerem nada, haverá guerra".


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ciifrão 15.12.2016

Na América a empresas compram-se por valor superior à cotação de mercado, em Portugal por preços de saldo ou mais do que isso: quase dadas.

Anónimo 15.12.2016

Ó Sara Antunes , lê o que escreveste !...A Impresa agora tambem é dona da TVI ou é apenas da SIC ?
tão fraquinhos estes jornaleiros

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub