Empresas Fundo australiano quer fazer prospecção de quartzo, feldspato e lítio em Portugal

Fundo australiano quer fazer prospecção de quartzo, feldspato e lítio em Portugal

A empresa Slipstream Resources pediu a atribuição de direitos de prospecção destes três materiais na zona de Beça, nos concelhos de Boticas e Montalegre, segundo um aviso publicado em Diário da República.
Fundo australiano quer fazer prospecção de quartzo, feldspato e lítio em Portugal
Pedro Aperta/Negócios
Alexandra Noronha 08 de julho de 2016 às 10:59

A Direcção-Geral de Energia e Geologia publicou um anúncio em Diário da República a dar conta do pedido da empresa Slipstream Resources PTY para "a atribuição de direitos de prospecção e pesquisa de depósitos minerais de quartzo, feldspato e lítio, para uma área denominada Beça, localizada nos concelhos de Boticas e Montalegre".


O mesmo anúncio especifica que o pedido corresponde a uma área de 20,596 quilómetros quadrados e convida "todos os interessados no prazo de 30 dias a contar da data da publicação do presente aviso" a apresentar reclamações fundamentadas e propostas contratuais.


A Slipstream Resources é uma empresa baseada na Austrália, que gere vários fundos que investem no sector dos minérios e outros recursos.


A empresa "tem uma rede global desenvolvida por mais de 30 anos" e está atenta a oportunidades em todo o mundo, segundo se pode ler no site da Slipstream.


Entre outras coisas, o lítio, por exemplo, é usado em baterias de telemóvel e de carros eléctricos. E parece ser um foco de interesse para o fundo australiano, que tem ganho muito dinheiro com este segmento. Segundo um comunicado no site da empresa, a Slipstream vendeu uma série de activos neste mercado à Kingston Resources Limited, depois de anos a acumular vários projectos. 




pub