Telecomunicações Fundos do Banco Safra alteram posição na Oi

Fundos do Banco Safra alteram posição na Oi

O banco brasileiro passou a deter menos de 10% das acções preferenciais e mais de 5% das acções ordinárias.
Fundos do Banco Safra alteram posição na Oi
Reuters
Nuno Carregueiro 06 de julho de 2017 às 07:58

O Banco Safra, através dos seus fundos de investimento, alterou a sua posição no capital da Oi, tendo alienado acções preferenciais e comprado títulos ordinários.

 

Num comunicado emitido na noite de quarta-feira, a Oi refere que o Banco Safra passou a controlar 9,88% das acções preferenciais (OIBR4), o que representa uma redução face à participação anterior. Em Fevereiro o banco brasileiro tinha comunicado que detinha 16,11% destes títulos.

 

Contudo, na comunicação ao mercado efectuada ontem, a Oi diz que o Banco Safra passou a ser titular de 33.629.400 acções ordinárias, que correspondem a 5,03% do total destes títulos.

 

Os fundos do Banco Safra "reduziram sua participação em acções da classe PN de emissão da OI S/A (OIBR4), para um percentual inferior a 10% e aumentaram sua participação em acções da classe ON de emissão da OI S/A (OIBR3), para um percentual superior a 5%", refere o comunicado emitido pela Oi.

A Pharol é a maior accionsta da Oi, empresa que está em processo de recuperação judicial.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub