Energia Gasolina em Portugal pode subir mais de 3 cêntimos devido ao furacão Harvey

Gasolina em Portugal pode subir mais de 3 cêntimos devido ao furacão Harvey

Os preços dos combustíveis em Portugal vão ficar mais caros na próxima semana e no caso da gasolina o aumento será acentuado. A culpa é do furacão Harvey.
Gasolina em Portugal pode subir mais de 3 cêntimos devido ao furacão Harvey
Bloomberg
Nuno Carregueiro 01 de setembro de 2017 às 07:19

Ao contrário do habitual, esta semana os preços dos combustíveis cotados na Europa estiveram desligados dos preços do petróleo. A culpa é do furacão Harvey, que provocou uma subida acentuada nos preços dos combustíveis nos Estados Unidos, o que também contagiou as cotações dos produtos refinados que são cotados na Europa.

 

Numa semana em que o barril de brent negociou estável, em torno dos 52 dólares por barril, a tonelada métrica da gasolina ficou cerca de 8% mais cara). No caso do gasóleo o impacto do Harvey foi bem menos diminuto, já que este combustível é menos utilizado nos EUA. A tonelada métrica do diesel, cotada na Europa, valorizou pouco mais de 2%.

 

Estas variações correspondem à média de apenas três sessões, já que segunda-feira a praça de Londres esteve fechada e ainda não são conhecidas as cotações desta sexta-feira, o que poderá ainda alterar os preços dos combustíveis nos postos de abastecimento em Portugal a partir de segunda-feira.

 

Tendo em conta estas cotações e de acordo com os cálculos do Negócios, a gasolina irá sofrer na segunda-feira um aumento em torno de 3 cêntimos por litro. A confirmar-se, o preço por litro ficará acima de 1,46 euros por litro (tendo em conta os preços médios reportados pela DGEG), o que corresponde ao nível mais elevado desde o início de Maio do ano passado. Isto depois de duas semanas em que os preços praticamente não mexeram.

A confirmar-se a subida de 3 cêntimos, será a mais forte desde Fevereiro do ano passado, quando o litro da gasolina ficou 3,1 cêmtimos mais caro. Mas o agravamento de preços no litro da gasolina na próxima segunda-feira até poderá ser superior. Fonte do sector diz ao Negócios que a subida poderá ficar em 3,5 cêntimos por litro.  

 

No caso do gasóleo simples, o aumento de preços previsto é de 1 cêntimo, o que colocará o litro deste combustível perto de 1,22 euros, o que corresponde ao nível mais elevado desde finais de Maio.

 

Nos Estados Unidos os combustíveis registaram ganhos ainda mais acentuados do que na Europa, uma vez que o furacão Harvey obrigou ao encerramento de muitas refinarias localizadas na região do Texas. A escassez de produtos refinados no mercado levou ao aumento das cotações dos combustíveis, pressionando em sentido contrário o valor do petróleo, devido à diminuição da procura, dado que as refinarias aumentaram os stocks por não terem processado a matéria-prima.



(notícia em actualizada às 12:30 com fonte do sector a adiantar que aumentos podem ser superiores)




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Acordai Há 2 semanas

Mas a gasolina em Portugal custa quase 40 cêntimos. O resto são impostos. Mesmo assim a dívida publica vai aumentando. Cambada de vigários.

pub
pub
pub
pub