Energia Furo de petróleo da Galp só avança se Governo deixar
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Furo de petróleo da Galp só avança se Governo deixar

O consórcio Eni/Galp pediu para adiar o furo na bacia do Alentejo para 2018 mas, sob o novo regime, as autarquias locais vão poder dar a sua opinião. O Executivo de António Costa vai depois tomar uma decisão, podendo aprovar ou rejeitar o furo.
André Cabrita-Mendes 15 de novembro de 2017 às 23:20

Passou mais um ano e o filme  volta a repetir-se. O consórcio Eni/Galp não fez o furo de petróleo na bacia do Alentejo em 2017, conforme previsto, e voltou a pedir um novo adiamento ao Governo.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub