Banca & Finanças Futuro CEO do BPI: "Espero da próxima vez já falar em português"

Futuro CEO do BPI: "Espero da próxima vez já falar em português"

O maior desafio como líder do BPI será "manter o foco comercial das pessoas do BPI e fazer com que esta OPA não provoque alterações no trabalho que se está a fazer", afirmou Pablo Forero.
Futuro CEO do BPI: "Espero da próxima vez já falar em português"
Pablo Forero (na foto à direita) vai ser o próximo CEO do BPI
Miguel Baltazar
Maria João Gago 08 de fevereiro de 2017 às 19:20

O futuro presidente do BPI espera "na próxima conferência de imprensa, já falar português", que já está a apreender. Para já assume como maior desafio "manter o foco comercial das equipas do BPI e que a OPA não provoque alterações no trabalho que está a ser feito".

 

Foi num português tímido que Pablo Forero, futuro presidente do BPI, respondeu quando questionado sobre se pretendia apreender português. "Estou a aprender português e espero ser capaz de falar tudo em português da próxima vez que falar consigo", afirmou.

 

Antes, tinha sido em castelhano que assumira que o seu maior desafio como líder do BPI será "manter o foco comercial das pessoas do BPI e fazer com que esta OPA não provoque alterações no trabalho que se está a fazer".

 

Já em relações às prioridades futuras, Pablo Forero diz serem "os clientes". "Queremos estar próximos dos clientes e dar o melhor pelos clientes".

 

E assume que o seu maior desafio é "manter "um banco próximo dos clientes".

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 09.02.2017

BANCO PARA ESQUECER

NÃO RESPEITAM NADA NEM NINGUÉM

Bernardo 09.02.2017

Não precisa, basta que contrate o Futre.

BENVINDO AO PORTUGUÊS, CARO PABLO FORERO 08.02.2017

Caro PABLO FORERO, convirá, de facto, que passe a falar na Língua de Camões, porque essa será uma manifestação de respeito pelos Portugueses, que eles apreciarão e, entre o "eles", haverá certamente muitos clientes do BPI.

BENVINDO AO PORTUGUÊS, CARO PABLO FORERO 08.02.2017

Caro PABLO FORERO, convirá, de facto, que passe a falar na Língua de Camões, porque, essa será uma manifestação de respeito pelos Portugueses, que eles apreciarão e, entre o "eles", haverá certamente muitos clientes do BPI.

pub
pub
pub
pub