Energia Galp convoca AG para ratificar Paula Amorim como chairman e aprovar dividendo

Galp convoca AG para ratificar Paula Amorim como chairman e aprovar dividendo

A empresa liderada por Carlos Gomes da Silva convocou os seus accionistas para se reunirem em Assembleia Geral no próximo dia 12 de Maio. Entre os pontos da agenda está a aprovação de Paula Amorim como chairman e o dividendo da petrolífera.
Galp convoca AG para ratificar Paula Amorim como chairman e aprovar dividendo
Galp

A Galp Energia convocou uma Assembleia Geral para o próximo dia 12 de Maio. Na ordem do dia está, entre vários pontos, a ratificação da cooptação de Paula Amorim como presidente do conselho de administração da energética, informou a empresa em comunicado divulgado esta noite na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Outro dos pontos prende-se com a aplicação dos resultados do exercício de 2016. De acordo com a apresentação aos investidores realizada no passado dia 21 de Fevereiro, a Galp disse assumir " um dividendo de 50 cêntimos por acção" para o período de 2016 a 2021. "A partir de 2017, o dividendo será ajustado tendo em conta a geração de 'cash flow', as oportunidades de novos investimentos e uma estrutura de capitais sólida", adiantou a empresa em comunicado.

Este valor corresponde a um aumento face aos dividendos distribuídos no ano passado, referente a 2015. Na altura, a petrolífera distribuiu um total de 41,472 cêntimos por acção, entre dividendo regular e intercalar. 

Em Setembro do ano passado, a Galp já distribuiu um dividendo intercalar de 24,8832 cêntimos por acção, referente aos resultados de 2016. Falta ainda a distribuição do dividendo regular.

 

No comunicado de hoje,  a Galp refere que o dividendo regular a aprovar na reunião magna de 12 de Maio será então também de 24,8832 cêntimos por acção, o que totaliza 49,7664 cêntimos de dividendo total relativo a 2016 (correspondendo a 412,68 milhões de euros).

 

"Tendo em conta que a distribuição de 50% do valor dos dividendos foi antecipada em setembro de 2016, devem ser pagos dividendos no valor de 0,248832€ dentro de 30 dias após a respectiva deliberação", sublinha o comunicado.

 
Atendendo à referência de 50 cêntimos por acção de dividendo e à actual cotação da Galp (14,535 euros), a rendibilidade do dividendo é de 3,4%. 

A Galp reportou uma queda de 24% dos lucros em 2016, para 483 milhões de euros. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub