Energia Galp Energia desce em média 0,18% tarifas da electricidade em 2018

Galp Energia desce em média 0,18% tarifas da electricidade em 2018

A Galp vai descer os preços finais da electricidade em média 0,18% face aos praticados em 2017, resultante "do efeito conjugado da descida das tarifas de acesso às redes e do aumento do preço médio de aquisição de energia".
Galp Energia desce em média 0,18% tarifas da electricidade em 2018
Sara Matos
Lusa 18 de janeiro de 2018 às 18:59

Na carta enviada aos clientes a comunicar a actualização dos preços da electricidade para 2018, que entram em vigor a partir de 28 de Janeiro, a Galp divulga as novas tabelas, que segundo as contas da petrolífera resultam numa descida média de 0,18% para as famílias.

 

Já no mercado regulado, as tarifas de electricidade desceram em média 0,2% para os consumidores domésticos a partir de 1 de Janeiro. 

 

No final do ano, a EDP Comercial - líder do mercado livre de electricidade - anunciou um aumento médio do preço da electricidade em 2,5% em 2018, justificado pela subida do preço da energia do mercado grossista no último ano na ordem dos 24%.

 

A Galp Energia tinha em Outubro a segunda maior quota (5,4%) em número de clientes no mercado livre de electricidade, a seguir à EDP Comercial que tinha então 84% dos clientes. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Nos dias de hoje a produção de energia eléctrica é quase sem custos, é tudo lucro. Não se justifica pagar preços exagerados como acontece só para pagarem altos dividendos.