Galp faz nova descoberta de gás natural de "grande dimensão" em Moçambique
16 Maio 2012, 11:01 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
8
Enviar por email
Reportar erro
0
Petrolífera portuguesa assinala que "esta nova descoberta reveste-se de especial importância", uma vez que identifica uma nova estrutura de gás natural independente das já conhecidas.
A Galp Energia anunciou hoje uma nova descoberta de gás natural de "grande dimensão" no prospecto Coral-1, em Moçambique.

A descoberta, realizada pelo consórcio onde a petrolífera portuguesa é parceira, aumenta o potencial estimado de gás no complexo Mamba na Área 4 para um montante entre 47 tcf e 52 tcf de gás no jazigo.

Segundo a Galp, os resultados deste poço Coral-1 "são de especial importância".

"Esta nova descoberta reveste-se de especial importância uma vez que provou a existência de uma nova estrutura, independente das estruturas que foram já perfuradas com os poços Mamba", refere o comunicado da Galp, assinalando que "o consórcio está actualmente a planear a realização de um teste de produção na descoberta Coral-1".

A Galp Energia detém uma participação de 10% no consórcio que explora a Área 4, cabendo 70% à Eni (operadora), 10% à KOGAS e 10% à ENH.

Tem sido vários os anúncios da Galp de descobertas de gás em Moçambique. Em Fevereiro, a petrolífera anunciou "uma nova descoberta de gás natural de grande dimensão no prospecto Mamba North 1, localizado naquela área", sendo que o poço encontrou "um potencial de 212,5 mil milhões de metros cúbicos (7,5 tcf) de gás no jazigo".

As acções da Galp Energia caem 1,31% para 10,145 euros.
8
Enviar por email
Reportar erro
0