Energia Gás de botija: Duas empresas espanholas entram no mercado português

Gás de botija: Duas empresas espanholas entram no mercado português

O mercado nacional de gás engarrafado, o mais consumido pelas famílias, vai ganhar dois novos comercializadores. Em breve, um supermercado poderá começar a vender botijas de marca branca.
Gás de botija: Duas empresas espanholas entram no mercado português
Migeul Baltazar/Negócios
André Cabrita-Mendes 23 de Novembro de 2016 às 19:30
O mercado português de gás engarrafado vai ganhar dois novos comercializadores. As duas empresas espanholas preparam-se para disputar o mercado liderado pela Galp, Repsol e Rubis.

A entrada foi anunciada esta quarta-feira, 23 de Novembro, pela entidade licenciadora, a Entidade Nacional para o Mercado dos Combustíveis (ENMC), liderada por Paulo Carmona.

É de destacar que a maior parte do gás consumido pelos lares portugueses é, precisamente, gás de botija, com dois terços do total consumido pelo mercado.

No curto prazo, poderá haver mais outra entrada no mercado de gás engarrafado, com a chegada de uma cadeia de supermercados para vender botijas de marca branca, sublinha o licenciador.

A ENMC aponta que a entrada destas duas empresas decorre "sobretudo da regulamentação levada a cabo pela ENMC, com o apoio do Governo", como a obrigatoriedade da troca de garrafas entre operadores, que tem permitido e facilitado a mudança de fornecedor de garrafas.

Isto tem permitido eliminar as "barreiras à entrada de novos operadores e uma maior concorrência, com correspondente baixa de preços na luta por quota de mercado".

Apesar dos preços de gás engarrafado em Portugal "serem dos mais baixos em mercado livre", mas comparados com países como a França, a Itália ou a Inglaterra, a ENMC defende que ainda "existe margem" para os preços descerem via "aumento da concorrência entre novos e antigos operadores".



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Muito Bom, os nossos preços são os mais baixos comparados com os países mais caros como a França, a Itália ou a Inglaterra. Não disse que em Espanha a botija de gás custa em média 12,40 euros contra os nossos 23.30 de Portugal.

Johnny Há 2 semanas

Queria mudar para gas canalizado e os MALDITOS pediram-me 80 euros de "inspeção" da rede
Isso é o que eu gasto num ano em gas de botija (tomo poucos banhos)
Anda cá botijinha, ainda seremos amigos por muitos e muitos anos

Anónimo Há 2 semanas

Duas vantagens para mim:ainda nao tenho gaz canalizado,e estou perto de Espanha.Venham eles:a concorrencia esmaga o preco.Bem vindos.

Pedro Lima Há 2 semanas

É uma boa notícia, obviamente!

pub
pub
pub
pub