Energia Gas Natural muda sede de Barcelona para Madrid

Gas Natural muda sede de Barcelona para Madrid

A empresa energética Gas Natural vai instalar “temporariamente” a sua sede em Madrid, deixando Barcelona. A decisão foi aprovada esta sexta-feira pela administração, devido aos receios de que a Catalunha declare a sua independência face a Espanha.
Gas Natural muda sede de Barcelona para Madrid
Reuters
Maria João Gago 06 de outubro de 2017 às 16:38

A Gas Natural Fenosa, empresa energética liderada por Isidro Fainé, decidiu transferir "temporariamente", a sua sede de Barcelona para Madrid, noticia o diário espanhol Expansión. A decisão foi tomada esta sexta-feira, 6 de Outubro, numa reunião extraordinária do conselho de administração.

 

A decisão da empresa - cujo maior accionista é a Fundação La Caixa, também maior investidor do CaixaBank - surge devido aos receios de que a Catalunha declare a independência unilateral face a Espanha. E acontece um dia depois de o Banco Sabadell ter aprovado a mudança da sua sede de Barcelona para Alicante.

 

De acordo com Expansión, há outras empresas que estão ponderar tomar decisões idênticas. A administração do CaixaBank, dono do BPI, também reuniu esta sexta-feira para avaliar a transferência da sua sede para Palma de Maiorca, nas Ilhas Baleares. A decisão anunciada na trade desta sexta-feira refere que a mudança será para Valência.

 

Para facilitar estas transferências, o Governo espanhol aprovou esta sexta-feira, 6 de Outubro, um decreto que facilitará a transferência da sede social das empresas da Catalunha para outras regiões do país. A partir deste momento, as empresas que pretendam mudar de região poderão fazê-lo com uma decisão aprovada pelo conselho de administração, em vez de terem de reunir a assembleia-geral de accionistas, processo que acabaria por atrasar a mudança, como acontecia até aqui.


(Notícia actualizada às 17:45 com informação sobre a mudança da sede do CaixaBank para Valência)



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
António Há 2 semanas

Pelos lados da Catalunha pensavam que as empresas eram Catalãs, mas afinal parece que são Espanholas.

Só Falta o F.C. Barcelona mudar também a sua sede para Espanha!

General Ciresp Há 2 semanas

Da maneira como o ping pong esta a ser jogado,tudo indica q vamos ter 1 catalexit.Nao notei na altura quanto votantes tem a Catalunha,provavel/ teriam votado menos de metade dos catalaes por obstrucao policial q pecou por tardia.Nao ficamos a saber se o sim ganharia ou perdia,desta feita favoreceu o

fcj Há 2 semanas

E os clientes vão mudar de fornecedor...

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub