Automóvel Gen-E: O próximo Golf da Volkswagen será eléctrico

Gen-E: O próximo Golf da Volkswagen será eléctrico

A Volkswagen apresentou um conceito eléctrico, denominado Gen-E, num evento tecnológico em Hannover. E vai ter robôs para recarga rápida.
Gen-E: O próximo Golf da Volkswagen será eléctrico
reuters, bloomberg
Negócios 05 de julho de 2017 às 21:08

A fabricante automóvel alemã Volkswagen apresentou, num evento tecnológico em Hannover, o Gen-E – um conceito que se antecipa como sendo o próximo Golf, ou seja, o Golf VIII, sublinha o El Mundo.

 

Não há muitos pormenores sobre este automóvel, pois o único dado técnico desvendado pela VW foi que a sua autonomia eléctrica superará os 400 quilómetros, refere a mesma fonte.

 

O El Mundo adianta ainda que a Volkswagen está a desenvolver também robôs de recarga móvel para que possa ser feito um carregamento rápido em garagens e outras localizações.

 

"Se tivermos em consideração as intenções do Grupo Volkswagen de se posicionar como líder no futuro comercial dos carros eléctricos, este compacto eléctrico encaixa perfeitamente no âmbito da nova geração do ‘rei’ Golf, a oitava, que chegará entre 2018 e 2019 aos concessionários europeus", salienta o jornal espanhol.

 

Este conceito revela um automóvel de duas portas, com um design futurista e desportivo – fazer lembrar o Aerton, segundo o El Mundo.

 

Neste modelo desaparecem os retrovisores exteriores, que dão lugar a câmaras de visão traseira. Além disso, o carro conta com faróis frontais de LED, em forma de C, parecidos com os do e-Golf que a marca apresentou não há muito tempo.

 

A marca destacou também o recurso a uma arquitectura focalizada na leveza, mas concebida de modo a oferecer a máxima segurança em caso de acidente, segundo o El Mundo. A bateria, por sua vez, está assente em células de iões de lítio.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar