Empresas Glintt vende à Sonae Capital activos da energia fotovoltaica

Glintt vende à Sonae Capital activos da energia fotovoltaica

A Glintt – Global Intelligent Technologies anunciou a alienação de activos na área de negócio "não-core" da central fotovoltaica de Évora, por 2,65 milhões de euros.
Glintt vende à Sonae Capital activos da energia fotovoltaica
Negócios 28 de Outubro de 2016 às 18:13

A Glintt Energy celebrou um contrato para a venda dos activos fixos, tangíveis e intangíveis que compõem a central fotovoltaica da Horta das Figueiras, em Évora – bem como a posição contratual em contratos relativos à exploração desses activos e as licenças de produção e exploração – à Capwatt II – Heat Power, participada da Sonae Capital, anunciou em comunicado à CMVM a empresa liderada por Nuno Vieira Lopes.

 

A venda realizada pela Glintt Energy (subsidiária da Glintt – Global Intelligent Technologies) deverá ser concretizada até 31 de Dezembro de 2016, estando no entanto sujeita à verificação de um conjunto de condições precedentes, sublinha o mesmo documento.

 

"Caso a venda ocorra nessa data, o preço global acordado da transacção será de 2,65 milhões de euros, valor que está, contudo, sujeito a ajustamento nos termos do contrato", explica a ex-Pararede.

 

Esta operação enquadra-se no plano de reestruturação da organização corporativa e das áreas de negócio, anunciado ao mercado em 3 de Fevereiro de 2015, "dando assim seguimento à estratégia que tem vindo a ser implementada", conclui o comunicado.

 

A Glintt encerrou a sessão desta sexta-feira inalterada face à véspera, a valer 0,222 euros.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub