Telecomunicações Goldman Sachs detém mais de 10% das acções preferenciais da Oi

Goldman Sachs detém mais de 10% das acções preferenciais da Oi

O Goldman Sachs reforçou no capital da Oi, passando a deter mais de 10% das acções preferenciais da operadora de telecomunicações brasileira.
Goldman Sachs detém mais de 10% das acções preferenciais da Oi
Reuters
Sara Antunes 06 de setembro de 2017 às 14:53
O Goldman Sachs reforçou a posição que tinha no capital da empresa brasileira Oi, mais do dobro do reportado até ao final de Agosto.

O Goldman Sachs e uma subsidiária "realizaram operações que resultaram numa posição equivalente a 16.642.862 acções preferenciais de emissão da Oi", revela o comunicado emitido esta quarta-feira, 6 de Setembro, para o regulador de mercados brasileiro.

 

Estas acções correspondem a 10,55% do capital da brasileira que está em recuperação judicial e que é detida em mais de 20% pela Pharol.

 

Assim, o Goldman Sachs aumenta a sua participação no capital da operadora de telecomunicações, já que na estrutura accionista da Oi consta que detém um total de 9,20% em acções preferenciais, segundo os dados que ainda estão no site da operadora.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mart Há 2 semanas

O banco de investimentos Goldman Sachs ampliou a parcela de ações detidas da Oi. Ontem, a instituição financeira comunicou que atingiu 10,55% do total de papeis preferenciais. Passou a ter 23.445.843 ações PN. Das ações ordinárias, passou a ter 3,55%, ou 40.499.508.
So para corrigir

Anónimo Há 2 semanas

Reforço do Goldman Sachs? não tenho acções da pharol, mas se tivesse vendia-as já todas! Agora reforçaram (dizem) daqui a mais uns dias vem a notícia: Goldman Sachs sai da Oi... são só os maiores trafulhas do mundo e o pior de tudo é que têm sido e continuam a ser formadores dos "supra-sumos" portugueses! O cherne ainda por lá anda...

Anónimo Há 2 semanas

Alguem sabe de alguma coisa do motivo deste reforço?

pub