Tecnologias Google pode quase duplicar empregados em Londres

Google pode quase duplicar empregados em Londres

Apesar do Brexit - que está a levar multinacionais e bancos a ponderar sair do Reino Unido -, a tecnológica norte-americana diz-se disposta a reforçar o número de trabalhadores na capital britânica.
Google pode quase duplicar empregados em Londres
REUTERS
Negócios 15 de Novembro de 2016 às 21:53

A tecnológica Google vai aumentar o seu investimento em Londres, prevendo aumentar o número de funcionários dos actuais cerca de quatro mil para sete mil, quase duplicando os empregados naquela localização. 

A garantia foi deixada esta terça-feira, 15 de Novembro, num comunicado da empresa detida pela Alphabet, que refere que esta expansão implicará acrescentar mais um edifício, com 10 andares, no seu campus de Kings Cross, a norte de Londres.

"Estamos empenhados no Reino Unido e empolgados para prosseguirmos o nosso investimento no nosso novo campus de Kings Cross", salientou o seu presidente executivo, Sundar Pichai, citado pela Reuters.

O Ministério britânico das Finanças reagiu, dizendo que este anúncio da Google representa "um grande voto de confiança" da empresa no posicionamento do Reino Unido como centro tecnológico global.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Os ingleses são sempre os mais finos todos ! Para quê continuar numa união europeia falida, cheia de terroristas muçulmanos e debaixo da pata alemã ? Saíram e fizeram muito bem ! Agora é que eles estão na maior ! E a Google foi a primeira de muitas a ver isso !

pertinaz Há 2 semanas

OS AMERICAS VÃO PÔR TODA A CARNE NO ASSADOR

DIVIDIR PARA REINAR -NISSO SÃO ESPECIALISTAS

SÓ OS EUA OS PODEM LIVRAR DE UM DESASTRE

BREXIT É UMA MENTIRA

Anónimo Há 2 semanas

Tem calma que daqui a uns meses já baixas a bola. Isto para já é afronta à CE pelas investigações de antitrust que a Google está a ser alvo, mas daqui a uns meses pias fininho com a possibilidade de se te fechar um mercado ao qual não te podes dar ao luxo de se fechar.

pub
pub
pub
pub