Construção Governo acredita que requalificação na EN125 estará concluída no Verão

Governo acredita que requalificação na EN125 estará concluída no Verão

O ministro do Planeamento e das Infra-estruturas diz que obras na estrada algarvia serão retomadas quando forem concluídas as negociações com a concessionária. Pedro Marques garantiu ainda que o projecto de melhoria do IP3 vai avançar.
Maria João Babo 07 de Novembro de 2016 às 15:14

O ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, afirmou esta segunda-feira, 7 de Novembro, no Parlamento que "não há razão" para as obras de requalificação da estrada nacional 125, no Algarve, "não estarem concluídas até ao próximo Verão".

 

Na audição no âmbito da apreciação da especialidade do Orçamento do Estado para 2017 Pedro Marques recordou que as obras naquela via, como estava previsto, foram interrompidas em Julho como foi pedido pela região, mas sublinhou que serão retomadas assim que sejam concluídas as negociações em curso com a concessionária Rotas do Algarve Litoral.

 

As obras de requalificação da EN125 chegaram a ser suspensas em 2012 devido a questões relacionadas com dificuldades financeiras da concessionária, cujos accionistas eram essencialmente os mesmos dos do consórcio responsável pela concessão do Baixo Alentejo.

 

Neste caso, e relativamente ao IC1, o ministro reafirmou que a sua passagem para a jurisdição da Infra-estruturas de Portugal está também dependente da conclusão das negociações com a concessionária SPER. Pedro Marques assegurou, contudo, que o orçamento de 2017 da empresa liderado agora por António Laranjo vai contemplar verba para realizar esta intervenção.

 

No que respeita à rodovia, o governante garantiu ainda que o projecto Via dos Duques, de melhoria do IP3, entre Coimbra e Viseu, que estava previsto no plano estratégico dos transportes e infraestruturas (PETI) não foi abandonado.

 

Pedro Marques adiantou que está a ser feito o estudo prévio, acusando o anterior executivo de ter apenas, no que diz respeito a este projecto, um powerpoint.

 

O Governo aponta agora para que em 2017 o estudo prévio seja concluído de forma a que possa definir as condições para a conclusão do projecto, o qual tem previsto uma extensão de 83 quilómetros em perfil de auto-estrada.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub