Transportes Governo cria Cartão da Mobilidade

Governo cria Cartão da Mobilidade

O Executivo vai adoptar medidas no próximo ano que incentivem as famílias e as empresas a introduzir meios de acesso e pagamento integrados para o sistema de transportes.
Governo cria Cartão da Mobilidade
Bruno Simão/Negócios
Maria João Babo 13 de outubro de 2017 às 22:44

O Governo quer criar no próximo ano o Cartão da Mobilidade, referindo na proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2018 que irá adoptar "medidas que incentivem as famílias e as entidades empregadoras a introduzir meios de acesso e pagamento integrados para o sistema de transportes".

A intenção, acrescenta, é a de convergir "para o modelo da mobilidade como serviço, destinado à utilização de transportes alternativos ao transporte individual, com o fim de contribuir para a descarbonização da economia".

A medida prevista pelo Executivo é que este cartão funcione como um meio de acesso e pagamento que permita criar contas de mobilidade, quer ao nível familiar quer empresarial.

O Governo terá chegado a equacionar a criação de um vale social de mobilidade, mas no texto final da proposta de OE apenas refere a intenção de incentivar famílias e empresas a introduzir meios de acesso e pagamento integrados para o sistema de transportes.

Na área dos transportes, o Executivo inscreve ainda a intenção de promover a utilização dos modos partilhados, nomeadamente car-sharing e bike-sharing, por via de incentivos fiscais em sede de IRS, uma das medidas para a redução do uso do carro particular assim como para a descarbonização através da modernização do parque automóvel.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub