Telecomunicações Governo deixa cair três nomeações para a Anacom

Governo deixa cair três nomeações para a Anacom

A escolha de João Cadete de Matos para presidente da Anacom foi a única que o Governo decidiu manter. O processo para escolher os três nomes em falta deverá recomeçar em Setembro.
Governo deixa cair três nomeações para a Anacom
Miguel Baltazar
Negócios 09 de agosto de 2017 às 09:24

O Governo deixou cair três dos quatro nomes propostos para a Anacom. Só a nomeação de João Cadete de Matos para a presidência do regulador das telecomunicações seguirá em frente, noticiam o Público e o Dinheiro Vivo esta quarta-feira, 9 de Agosto.

A escolha deverá ser anunciada depois da reunião do Conselho de Ministros marcada para esta quinta-feira, 10 de Agosto. Assim, o Executivo deixa cair os outros três nomes polémicos que tinham sido propostos para a administração da Anacom.


As escolhas em causa já tinham sido chumbadas no Parlamento: Francisco Cal pela falta de experiência no sector e Margarida Sá Costa e Dalila Araújo por serem quadros da PT Portugal, empresa dona da operadora de telecomunicações Meo. Temia-se, por isso neste último caso, um conflito de interesses.

As propostas para os membros da administração da Anacom terão de voltar a ser discutidos no Parlamento, sendo isso só possível em Setembro, com o arranque dos trabalhos.


Segundo os jornais, João Cadete de Matos, antigo director do Departamento de Estatística do Banco de Portugal, deverá assumir o novo cargo nos próximos dias, substituindo Fátima Barros. Até que haja novos nomes, o Governo deverá pedir a um dos actuais administradores que se mantenha no cargo até que o processo seja concluído.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Victor Franco 10.08.2017

Eu questiono é a existência da ANACOM e não a de este senhor. Depois de uma queixa que fiz foi-me me dito que nada podiam fazer e que tinha de ir para tribunal. Só pergunto para quê que ANACOM existe então? Era assunto relacionado com telecomunicações !!! Mais uma vez o operador em questão escapou !

Tentando Perceber 09.08.2017

Não acreditar nestes sistemas, que seja nomeado alguém que no mínimo consiga impor algum equilíbrio na Comunicação Social, pelo menos do Estado, que é uma completa Vergonha, Considero um completo ESCÂNDALO Programações das RTP(s) com elevado Relevo para a RTP, que tem (Debates) conversas em Família.

Anónimo 09.08.2017

O Costa não o aceitou como administrador do Banco de Portugal, ganha este tacho como consolação

pub