Banca & Finanças Governo nomeia Maria João Carioca para liderar Caixa Geral de Aposentações

Governo nomeia Maria João Carioca para liderar Caixa Geral de Aposentações

A antiga presidente da Euronext juntou-se ao conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos em Março. Agora, foi formalizada a sua nomeação para presidir a Caixa Geral de Aposentações.
Governo nomeia Maria João Carioca para liderar Caixa Geral de Aposentações
Rita Faria 23 de junho de 2017 às 13:52

Maria João Carioca é a nova presidente do conselho directivo da Caixa Geral de Aposentações. A nomeação foi formalizada esta sexta-feira, 23 de Junho, num despacho publicado em Diário da República.

Do conselho directivo fazem ainda parte dois vogais, José António da Silva Brito, CFO da Caixa Geral de Depósitos, e João José Amaral Tomaz, antigo administrador do Banco de Portugal e actual vogal não executivo do conselho de administração do banco público.

"As presentes designações são fundamentadas na reconhecida aptidão e experiência profissional dos nomeados, evidenciadas nas notas curriculares anexas", refere o despacho.

O conselho de administração da Caixa Geral de Aposentações é composto por um presidente e dois vogais designados entre os membros do conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos, caducando automaticamente o seu mandato com a cessação das funções de administrador do banco.

Maria João Carioca deixou, em Fevereiro deste ano, o cargo de presidente da Euronext Lisboa para integrar o conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos. 




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
bucks 03.07.2017

Dorme com os da euronext, com os da cgd e agora com os da cga!!!

pertinaz 24.06.2017

COM QUEM DORME MJC...???

Anónimo 23.06.2017

A tragédia de Pedrógão é também uma história de assassinos sindicais em Portugal, de uma jurisdição capturada por autênticos chulos dos direitos adquiridos onde nem a simples limpeza de áreas de segurança junto às estradas nacionais, no qual qualquer um poderia vender o seu trabalho braçal se não sobrasse orçamento para investimento em maquinaria silvícola, e a utilização de aeronaves de combate a incêndios, se fazem.

Matar é preciso 23.06.2017

À conta desta incompetente tivemos que pagar com os nossos impostos milhões e não é que enfiaram a gaja a mamar na CGD. Matar é bom e matar é importante, vamos matar. Vou tratar de ti pessoalmente. Caguei na prisão. 4 no estômago e 2 na cabeça e não roubas mais. Foste puta foste

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub