Banca & Finanças Governo Passos só despachou relatórios sobre imparidades na CGD a 15 dias das eleições

Governo Passos só despachou relatórios sobre imparidades na CGD a 15 dias das eleições

O anterior Executivo guardou pareceres da Inspecção-Geral das Finanças, que mostravam aumento das imparidades do banco público, durante seis meses, segundo o Público desta segunda-feira, 12 de Dezembro.
Governo Passos só despachou relatórios sobre imparidades na CGD a 15 dias das eleições
Bruno Simão/Negócios
Negócios 12 de Dezembro de 2016 às 08:57

O Governo de Passos Coelho teve na sua posse, durante seis meses, dois pareceres da Inspecção-Geral das Finanças que apontavam para um agravamento das imparidades da Caixa Geral de Depósitos (CGD) mas só os despachou em vésperas das legislativas do ano passado.


Segundo avança o Público, estes documentos eram relativos a relatórios trimestrais da Comissão de Auditoria da Caixa Geral de Depósitos de 2014 e estiveram guardados nas Finanças de Março a Setembro. Foram despachados pelo secretário de Estado das Finanças, Manuel Rodrigues, 15 dias antes das eleições legislativas de 2015.


O jornal conta que os pareceres deram entrada nas Finanças a 12 e 20 de Março de 2015 e recordou que o Tribunal de Contas já tinha revelado um insuficiente "controlo [da CGD] pelo Estado" entre 2013 e 2015. O periódico escreve ainda que, apesar do aumento trimestral das imparidades - cujo valor não é conhecido - não ordenou qualquer auditoria ao banco.  


Estes relatórios referiam-se ao período em que foi efectivada a recapitalização da CGD decidida por Vítor Gaspar em 2012 e que Maria Luís Albuquerque levou a cabo, tendo este procedimento incluído uma injecção de capital de quase 1.500 milhões de euros.


Paralelamente, no terceiro e quarto trimestres de 2014, os relatórios da Comissão de Auditoria davam já conta de um aumento das imparidades registadas pelo banco público. Ainda que estes documentos tenham chegado ao Parlamento, durante a Comissão de Inquérito, a maior parte da informação foi rasurada.




A sua opinião46
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 dias


PS - PCP - BE - FP - CGA - e seus apoiantes - ROUBAM OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


NOVAS PENSÕES MÍNIMAS SERÃO SUJEITAS A PROVA DE RENDIMENTO...

para se gastar mais dinheiro com os subsídios às pensões douradas da CGA.


As pensões da CGA são SUBSIDIADAS em 500€, 1000€, 1500€ e mais, POR MÊS.

Estas pensões sim, devem ser sujeitas a condição de recursos.

E não as mínimas.

comentários mais recentes
A sério? Há 4 dias

manhosos

Anónimo Há 4 dias

Esta feiticeira devia desaparecer p sempre. Ainda fala a mentirosa. Se tivesse vergonha n falava sabendo bem as asneiras q fizeram. Como é q o país pode ter pessoas destas no govº? Só presos e n sequer a pão e água.
Já verificaram bem a data em q puseram cá fora os documentos? Muito própria.

Anónimo Há 4 dias

Algum comentador ficou chateado por se falar em ladroes.Claro que há ladroes mais que muitos,fazer queixa á policia faz-se, mas o juiz solta-os. Repare no caso do salgadinho ele foi preso agora solto, repare no socrateiro preso agora solto, e d lima?costa bpn?Se são seus amigos leve-os para a cama

Anónimo Há 4 dias

E esta senhora nunca se lhe vê os dentes ,com cara de cinica,nada fez pela cgd?Afinal minha senhora onde está a lealdade ao país'?Como deixou a cgd á deriva?Nao sabe segurar o leme?Falta de experiencia?Deixe lá, com o tachino lá por londres talvez a ganhe, leve consigo o coelho e costa do BDP

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub