Aviação Governo quer manter militares no Montijo

Governo quer manter militares no Montijo

O Diário de Notícias escreve que os estudos de adaptação da base militar do Montijo ao tráfego civil têm como meta encontrar uma solução que compatibilize as duas vertentes no mesmo espaço.
Governo quer manter militares no Montijo
Negócios 01 de fevereiro de 2017 às 09:29

O Governo prevê manter a presença militar na base do Montijo mesmo depois de aí abrir o novo terminal para tráfego civil.

A posição é avançada esta quarta-feira, 1 de Fevereiro, pelo Diário de Notícias, que cita fontes do Executivo.

A publicação concretiza que o que está em causa nos estudos sobre a adaptação da base aérea do Montijo, BA6, é uma forma de tornar compatível a presença simultânea de militares e civis.


"O objectivo não é inviabilizar qualquer infra-estrutura militar", refere uma das fontes ouvidas pelo Diário de Notícias.


A ligação fluvial entre o Montijo e Lisboa é apontada como a solução mais forte para os passageiros, embora não esteja definido ainda um valor de investimento e quem assume os custos. A intervenção nas vias rodoviárias do Montijo é outra das prioridades apresentadas.

A apresentação do projecto Portela+1, como é conhecida a criação de um novo terminal para o aeroporto de Lisboa focado nas companhias "low cost", é apresentado a 15 de Fevereiro.


A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
CAUTELA, SENHOR MINISTRO PEDRO MARQUES 15.02.2017

Senhor MINISTRO PEDRO MARQUES, um pouco de humildade e mais ponderação só lhe ficam bem e são conselhos avisados.
Considere as opiniões de quem tem experiência e ouça a palavra dos os pilotos.
Na minha terra, o sábio povo diz que "AS CADELAS APRESSADAS PAREM OS CÃES CEGOS".

CAUTELA COM AS PRESSAS. OUÇAM OS PILOTOS 15.02.2017

Mais uma vantagem da opção PORTELA - ALVERCA : a Base de ALVERCA, tem boas instalações, como as da OGMA (Oficinas Gerais de Material Aeronáutico), que podem ser muito úteis, no apoio da manutenção dos aparelhos.
Tem Caminho de Ferro, que coloca os passageiros para escala em Lisboa, em 10 minutos.

TEM MESMO RAZÃO O PILOTO, CONTRA A OPÇÂO MONTIJO 15.02.2017

A opção PORTELA -. MONTIJO tem (em comparação com PORTELA - ALVERCA), nas palavras de um piloto experimentado, mais um sério perigo : o facto da existência permanente, na zona do MONTIJO, de milhares de aves, que podem entrar num dos reactores e provocar uma tragédia.
TEM MESMO RAZÃO O PILOTO !

E ALVERCA ? POR ACASO, JÁ FOI EQUACIONADA ? 15.02.2017

Como bem afirmou um piloto, com muitos milhares de horas de vôo, NÃO SÃO OS AUTARCAS, NEM SÃO OS POLÍTICOS QUE TÊM CONHECIMENTOS PARA SE PRONUNCIAR SE A SOLUÇÃO "PORTELA+ MONTIJO" SERÁ BOA.
PARA ELE, PILOTO, A MELHOR SOLUÇÃO, DE LONGE, É "PORTELA + ALVERCA", ALÉM DA VIA FÉRREA,A 10 MTS. DE LISBOA.

ver mais comentários
pub
pub
pub
}
pub