Empresas Guo Guangchang deixa cargos nas subsidiárias da Fosun  

Guo Guangchang deixa cargos nas subsidiárias da Fosun  

O chairman da Fosun vai focar-se no conglomerado chinês e o CEO vai seguir o mesmo caminho.  
Guo Guangchang deixa cargos nas subsidiárias da Fosun  
Reuters
Negócios com Bloomberg 14 de novembro de 2017 às 12:51

Guo Guangchang vai deixar de ter uma intervenção mais directa nas subsidiárias da Fosun, com o objectivo de ter um maior foco na "holding" que detém várias participações em companhias portuguesas: BCP, Fidelidade e Luz Saúde.

 

O actual chairman da Fosun pretende focar-se na estratégia global da companhia chinesa, e também o CEO, Wang Qunbin, vai reorganizar a sua posição na gestão da Fosun, sendo que o propósito é o mesmo.

 

As novidades foram reveladas por Guo Guangchang na rede social Weixin, de acordo com a Bloomberg. O objectivo desta alteração visa também dar espaço de crescimento aos executivos da Fosun mais jovens e globalizados, que ficam assim com maiores oportunidades de ascender a posições de topo.   

 

Guangchang afastou contudo o cenário de que esta alteração represente um primeiro passo para deixar a gestão da Fosun, garantindo que vai continuar chairman da companhia chinesa. O gestor e bilionário é visto pelos investidores com uma peça-chave na Fosun.

 

Entre as empresas participadas pela Fosun em Portugal, Guangchang não tem qualquer cargo, pelo que esta alteração não terá efeitos práticos nestas empresas.

 

Um dos impactos directos será a saída de Guangchang do cargo de chairman da subsidiária Shanghai Fosun High Technology Group.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub