Empresas Guy Pacheco é o novo administrador financeiro dos CTT

Guy Pacheco é o novo administrador financeiro dos CTT

André Gorjão Costa, na administração da empresa postal desde 2012, renunciou esta terça-feira ao cargo. Para o seu lugar vai Guy Pacheco, que em Abril passado deixou o mesmo cargo na PT Portugal.
Guy Pacheco é o novo administrador financeiro dos CTT
DR/LinkedIn
Paulo Zacarias Gomes 19 de dezembro de 2017 às 16:48
O antigo administrador financeiro da PT Portugal, Guy Pacheco, vai ser o novo CFO dos CTT, substituindo no cargo André Gorjão Costa, anunciou esta terça-feira, 19 de Dezembro, a empresa postal em comunicados enviados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os motivos da saída de André Gorjão Costa, na administração da companhia desde 2012, não foram adiantados

A cooptação de Guy Pacheco para o lugar de administrador foi decidida esta terça-feira pela administração e será ainda submetida à próxima assembleia geral da empresa, a quem cabe ratificar a designação do administrador para completar o actual mandato de 2017 a 2019.

"A tomada nesta data destas deliberações contribui para o ciclo de transformação dos CTT que se inicia essencialmente focado na otimização da capacidade operacional e racionalização de custos, no contexto do Plano de Transformação Operacional hoje objeto de aprovação pelo Conselho de Administração e comunicação ao mercado," salienta o comunicado da empresa.

Além de CFO, Guy Pacheco fica também como representante da cotada para as relações com o mercado. O executivo chega aos CTT quase oito meses depois de sair da administração da PT Portugal (detida pela Altice), devido a "divergências com o (...) projecto empresarial definido para a empresa." Na dona do Meo, o executivo esteve 16 anos.

Na operadora de telecomunicações, Guy Pacheco foi director de planeamento e controlo, entre 2011 e 2015, tendo anteriormente sido diretor de melhoria contínua e transformação na PT Comunicações e na PT Portugal (2007-2011), segundo informações da Lusa.

Os CTT encerraram a sessão desta terça-feira a valorizar 2,34% para 3,494 euros.

(notícia actualizada às 17:10 com mais informação)



Saber mais e Alertas
pub