Tecnologias Há 10 anos a Apple reinventou o telefone

Há 10 anos a Apple reinventou o telefone

Foi no dia 9 de Janeiro de 2007 que Steve Jobs apresentou ao mundo “três produtos revolucionários”, todos num só: o iPhone. Desde então já foram lançados 12 modelos.
Há 10 anos a Apple reinventou o telefone
Apple
Sara Antunes 09 de janeiro de 2017 às 15:42

"Este é o dia por que ansiava nos últimos dois anos e meio", foi assim que Steve Jobs começou a apresentação que fez a 9 de Janeiro de 2007.

 

"De vez em quando aparece um produto revolucionário que muda tudo", salientou o então presidente da Apple nos primeiros minutos da apresentação, tendo logo depois anunciado que naquele dia a empresa ia lançar não um, mas "três produtos revolucionários", repetindo que seria um iPod, um telefone e uma ligação à internet. Repetiu várias vezes até que concluiu que os três produtos eram um só.

 

Na altura, a Apple apresentou um produto que deixou o mundo meio em suspenso. Era caro, não tinha 3G e não tinha um teclado físico, salienta o The Telegraph, que acrescenta que os críticos diziam então que a Apple estava a entrar na toca do lobo, onde as margens de lucro eram baixas e em que os gostos mudam muito depressa.

 

"Hoje a Apple vai reinventar o telefone", disse.


No primeiro dia em que o equipamento foi posto à venda a Apple vendeu mais de 200 mil unidades. Segundo a Apple, desde 9 de Janeiro de 2007 já foram vendidos mais de mil milhões destes "smartphones" em todo o mundo.

10 anos passados, a Apple já lançou 12 modelos diferentes, aguardando-se nesta altura que seja anunciado o iPhone 8. O site Apple Insider diz que a marca deverá celebrar este 10.º aniversário com um "redesign completo que poderá mudar o jogo outra vez".

 

"A revolução continua"

"O melhor ainda está por vir", é assim que Tim Cook, agora presidente executivo da Apple - sucedeu no cargo depois da morte de Jobs - vê o percurso da empresa. "O iPhone é uma parte essencial da vida dos nossos clientes, e hoje mais do que nunca está a redefinir a forma como comunicamos, nos entretemos, trabalhamos e vivemos", diz Tim Cook, citado num comunicado publicado no site da Apple.


"O iPhone estabeleceu as regras de mobilidade na primeira década e só estamos a começar. O melhor ainda está por vir", salienta, numa nota de imprensa intitulada de "Iphone nos 10: a revolução continua.

A perda do protótipo antes do mundo conhecer o iPhone

 

Steve Jobs terá deixado bem claro para todos: o novo produto da Apple é secreto e se alguém falar sobre ele será despedido. Um dos envolvidos no projecto perdeu o protótipo do iPhone meses antes da sua apresentação ao mundo. Uma história contada pela BBC esta segunda-feira.

 

"O Steve disse-me expressamente que [o iPhone] era completamente secreto. Disse que iria despedir quem quer que falasse [sobre este produto] ao mundo. Eu estava a suar em bica." As palavras são de Tony Fadell, conhecido como um dos "pais" do iPod. Este responsável estava a testar um protótipo do iPhone tendo-se apercebido que o tinha perdido.

 

Tony Fadell explicou que estava a sair de um avião quando levou as mãos aos bolsos e se apercebeu que não tinha o iPhone. "Revi todos cenários possíveis, pensando o que poderia acontecer", sendo que nenhum deles teria um bom fim, disse o responsável à BBC. Duas horas depois recuperou o iPhone, graças aos esforços de uma "equipa de busca" que procurava uma coisa que não sabia o que era. "Caiu do meu bolso e estava preso entre bancos", acrescentou.

As diferenças estéticas entre o primeiro iPhone a última versão (iPhone 7 Plus)




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

ganda merda e o android tb, fodasse.

pub