Tecnologias HP aumenta receitas e supera estimativas

HP aumenta receitas e supera estimativas

A empresa de Silicon Valley apresentou num relatório de contas um aumento das receitas no último trimestre. O documento surge um ano após a separação da empresa com a Hewlett-Packard Enterprise.
HP aumenta receitas e supera estimativas
Negócios 23 de Novembro de 2016 às 15:36

De acordo com o relatório publicado pela HP Inc. na passada terça-feira, 22 de Novembro, a empresa apresentou no último trimestre do seu ano fiscal, terminado a 31 de Outubro, uma subida de 2% nas receitas, de 12,27 mil milhões de dólares (11,55 mil milhões de euros) para 12,51 mil milhões de dólares. Os resultados superaram as expectativas dos analistas, que previam um decréscimo, algo que se tinha vindo a registar há sete trimestres consecutivos.

 

No quarto trimestre fiscal, a HP regista lucros de 492 milhões de dólares, abaixo dos 1,32 mil milhões de dólares em período homólogo. Em igual período, os ganhos por acção são de 36 cêntimos, acima das estimativas de 34 cêntimos. Para o próximo trimestre, a HP espera lucros ajustados por acção entre 35 cêntimos e 38 cêntimos.

 

Em entrevista ao Wall Street Journal, Dion Weisler, presidente executivo, afirma tratar-se de uma boa recuperação para um ano "bastante desafiante mas sólido" para a companhia. "Estamos a entrar em 2017 com uma trajectória ascendente", afirma.

 

Grande parte dos lucros da HP provém do mercado de computadores. No entanto, a maior fatia vem das suas impressoras e tintas e tinteiros associados. A HP apresenta assim sucesso em dois mercados aparentemente em declínio com a passagem dos consumidores para outros dispositivos móveis e com menores impressões de documentos. A empresa tem vindo a focar-se em computadores mais caros e com maiores margens de lucro.

 

A Hewlett-Packard Enterprise, a outra empresa resultante da separação da HP, também apresentou os seus resultados trimestrais na terça-feira. A companhia apresentou uma quebra de lucros e receitas.

 

No último trimestre fiscal, a HP Enterprise viu os seus lucros caírem 78% ao longo do ano, de 1,39 mil milhões de dólares para 302 milhões. As receitas desceram de 13,45 mil milhões de dólares para 12,48 mil milhões de dólares.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub