Automóvel I-Pace: Jaguar avança no eléctrico

I-Pace: Jaguar avança no eléctrico

Os adeptos da velocidade têm agora mais um motivo para serem “verdes” na sua condução. A Jaguar estreia-se numa nova forma de mobilidade. O resultado só chega às estradas em 2018.
Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace Fotogaleria: Jaguar apresenta SUV I-Pace
Negócios 15 de Novembro de 2016 às 10:13

A Jaguar vai avançar com o seu primeiro carro totalmente eléctrico, depois de abordagens ligeiras a esta nova forma de mobilidade. A novidade já tem nome: I-Pace.

O conceito do carro – ainda não há nenhum em formato físico – foi apresentado esta segunda-feira, 14 de Novembro, numa festa privada em Los Angeles.


Com quatro portas e cinco lugares, o carro pode atingir os 60 quilómetros por hora em quatro segundos.


Já a autonomia, uma das maiores preocupações de quem procura comprar um eléctrico, ultrapassa os 350 quilómetros. Em 90 minutos, fica 80% carregada.


O utilitário desportivo (SUV, na sigla inglesa) chega ao mercado em 2018 e não há estimativas de preços apontadas pela marca.


É comparado, em unanimidade pela imprensa automóvel, com o reconhecido Model X da americana Tesla, especializada em veículos eléctricos.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub