Energia Iberdrola já investiu 500 milhões no maior projecto de barragens português

Iberdrola já investiu 500 milhões no maior projecto de barragens português

A eléctrica espanhola está a construir três barragens de 1.500 milhões no rio Tâmega.
A carregar o vídeo ...
A barragem de Daivões é uma das três que a Iberdrola vai construir
André Cabrita-Mendes 09 de fevereiro de 2017 às 14:59

A espanhola Iberdrola já investiu um valor superior a 500 milhões de euros no projecto hídrico do Tâmega.


No total, a eléctrica espanhola pretende investir um total de 1.500 milhões de euros até 2023 para construir três centrais hidroeléctricas: Daivões, Gouvães e Alto Tâmega.

O projecto foi apresentado em Ribeira de Pena, Vila Real, esta quinta-feira, 9 de Fevereiro.

Estas barragens fazem do plano lançado por José Sócrates em 2007. Depois de anos de impasse, o projecto arrancou definitivamente em 2014.

O projecto prevê a criação de 13.500 postos de trabalho directos e indirectos.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado saraiva14 09.02.2017

Vindo de quem vem, Pina Moura e Sócrates, só pode ser mais uma desgraça para nós portugueses!

comentários mais recentes
IBERDROLA = CENTRAL NUCLEAR DE ALMARAZ 09.02.2017

Atenção : esta IBERDROLA é uma das proprietárias da SINISTRA CENTRAL NUCLEAR DE ALMARAZ.

CAUTELA, ORGANIZAÇÕES AMBIENTALISTAS ! 09.02.2017

Atenção, organizações ambientalistas, estes indivíduos estão-se, positivamente, a ca-gar para o meio ambiente e para a sua destruição.
A sua finalidade única e exclusiva é O LUCRO PELO LUCRO.

Ventura Santos 09.02.2017

Furiosos porque os mongos Vaz Guedes lhes venderam a porcaria da Somague, os espanhóis resolveram destruir o Vale do Tâmega.

CAUTELA, ORGANIZAÇÕES AMBIENTALISTAS ! 09.02.2017

Atenção, organizações ambientalistas, estes indivíduos estão-se, positivamente, a ca-gar para o meio ambiente e para a sua destruição.
A sua finalidade ínica e exclusiva é LUCRO PELO LUCRO.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub