Comércio IKEA paga compensação de 50 milhões por mortes com queda de cómodas nos EUA

IKEA paga compensação de 50 milhões por mortes com queda de cómodas nos EUA

A marca sueca chegou a acordo com as famílias das três crianças mortas na sequência da queda de móveis comercializados por aquela empresa. A IKEA compromete-se ainda a melhorar os padrões de segurança de cómodas e guarda-fatos a vender nos EUA.
IKEA paga compensação de 50 milhões por mortes com queda de cómodas nos EUA
Miguel Baltazar/Negócios
Paulo Zacarias Gomes 22 de dezembro de 2016 às 14:13
As famílias de três crianças mortas nos EUA na sequência da queda de cómodas vendidas pela IKEA chegaram a acordo com o fabricante sueco de mobiliário e vão receber uma compensação de 50 milhões de dólares (47,88 milhões de euros à cotação actual).

O acordo para encerrar o processo judicial foi anunciado pelos advogados das famílias das vítimas, depois de um julgamento que durava há dois dias.

O dinheiro da compensação será distribuído em partes iguais pelas três famílias das crianças, que morreram aos dois anos. Além deste valor, de acordo com a CNN, a marca sueca vai ainda doar 50 mil dólares (47,88 mil euros) a três hospitais pediátricos localizados nos estados onde moram as famílias e mais 100 mil euros a uma fundação de beneficência dirigida a crianças.

A marca compromete-se ainda a vender apenas cómodas e guarda-fatos que cumpram com os padrões de segurança dos EUA.

Depois da terceira morte, a IKEA anunciou em Junho passado a recolha de 29 milhões de cómodas do modelo MALM. Cerca de um ano antes, a empresa já tinha recomendado aos clientes que fixassem os móveis à parede para evitar quedas acidentais.

Portugal não esteve entre os mercados abrangidos pela recolha das cómodas uma vez que a marca considerou que cumpriam "com os requisitos obrigatórios de estabilidade."




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 22.12.2016


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE- FP- CGA - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL


comentários mais recentes
Anónimo 22.12.2016


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE- FP- CGA - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL


pub
pub
pub
pub