Bolsa Impresa com a melhor sessão desde 14 de Julho

Impresa com a melhor sessão desde 14 de Julho

As acções da Impresa subiram pela quinta sessão consecutiva, acumulando neste período um ganho de 32%.
Impresa com a melhor sessão desde 14 de Julho
Pedro Elias/Negócios
Sara Antunes 14 de setembro de 2017 às 17:08

As acções da Impresa subiram 9,19% esta quinta-feira, 14 de Setembro, para 0,297 euros. Esta foi a subida mais pronunciada das acções da empresa liderada por Francisco Pedro Balsemão em dois meses, desde o dia 14 de Julho. 

A Impresa completou assim um ciclo de cinco sessões em alta, acumulando neste período um ganho de 32%.

 

Os títulos da empresa de media recuperam assim parte da queda registada após o cancelamento da emissão de dívida no montante de 35 milhões de euros, que tinha como objectivo refinanciar 30 milhões de euros que a Impresa terá de reembolsar no próximo ano.

 

Contudo, esta operação foi cancelada, com a cotada liderada por Francisco Pedro Balsemão a justificar a decisão com "as alterações recentes no sector dos media". O que provocou perdas elevadas nas acções da Impresa.

 

Estes últimos cinco dias têm sido de recuperação, apesar de ainda não ter anulado completamente estas quedas recentes, já que as acções estão abaixo do valor a que fecharam no dia 5 de Setembro.

 

Apesar destas oscilações recentes, as acções da Impresa continuam a acumular um ganho de cerca de 55,8% desde o início do ano, a beneficiar sobretudo das notícias sobre fusões e aquisições no sector dos media.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Mais um dia a subir 3,37% . A subida em 6 dias já está em 36%. !!!

Com as boas noticias de Portugal a sair do "lixo", a Impresa vai continuar a subir. Está para breve o anuncio da OPA da NOS. Invistam enquanto é tempo e aproveitem o MOMENTUM da IMPRESA !!!

Anónimo Há 1 semana

Vamos assistir a OPA de um grupo de telecomunicações, a atuar na área da comunicação social/produção de conteúdos e, particularmente, a disputar a liderança dos mercados do audiovisual e do digital: NOS
O mercado ficará mais equilibrado nas telecomunicações
Em 5 dias sob 32%. IMPRESA vai DISPARAR

Anónimo Há 1 semana

Ainda não se percebeu muito bem o motivo da interrupção da emissão de dívida da IMPRESA.
Bom, uma coisa é certa. Ao alienar os títulos impressos, com exceção do Expresso, o Grupo Impresa ficará mais fraco, mas, ao mesmo tempo, mais "apetecível" para ser adquirido.
A ser assim haverá outra OPA

sa Há 1 semana

impresa vai subir curto prazo a 0.75 eur

pub