Turismo & Lazer Incêndios: Governo duplica para 60 milhões de euros apoio ao turismo

Incêndios: Governo duplica para 60 milhões de euros apoio ao turismo

O Governo duplicou, para 60 milhões de euros, o apoio à recuperação turística dos territórios atingidos em Outubro pelos incêndios e prorrogou para 30 de Junho o prazo para apresentação de candidaturas, revela um diploma hoje publicado.
Incêndios: Governo duplica para 60 milhões de euros apoio ao turismo
Ricardo Almeida
Lusa 07 de novembro de 2017 às 15:15
"Perante a gravidade da situação dos incêndios entretanto ocorridos em Outubro de 2017, entende-se necessário adotar medidas excepcionais destinadas a promover a recuperação dos territórios atingidos, nomeadamente, no que ao Turismo respeita", justifica o executivo, no diploma.

O despacho normativo da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, publicado hoje em Diário da República, com efeitos imediatos, alarga também os apoios do Programa Valorizar a projectos que tenham em vista a recuperação de ativos das empresas do turismo afectados pelos incêndios, incluindo a reparação de instalações e a substituição de equipamentos danificados, deduzindo as indemnizações recebidas.

No mesmo diploma, a secretaria de Estado aproveita a oportunidade para alterar a Linha de Apoio ao Turismo Acessível do Programa Valorizar, ajustando o acesso ao prémio de desempenho ao calendário de aprovação dos projectos de investimento.

Em alguns desses projectos, "50% do montante do apoio financeiro é convertido em apoio não reembolsável se a realização material dos investimentos ficar concluída até 30 de Junho de 2018", segundo o diploma.

Criado há um ano, em Dezembro de 2016, para apoiar o investimento em iniciativas e projectos com interesse para o turismo, o Programa Valorizar começou com uma dotação orçamental de 20 milhões de euros, mas face à elevada procura, foi aumentada em Agosto passado para 30 milhões de euros.

"Em face dos incêndios ocorridos em Junho de 2017, foi aprovado (...) um modelo excepcional de apoio aos concelhos afectados, adequado aos danos e necessidades apurados na altura", lembra a secretaria de Estado no despacho regulamentar.

A medida pretende apoiar o investimento em iniciativas e projectos com interesse para o turismo, que promovam a coesão económica e social do território, e contempla ainda iniciativas que visem a estruturação de programas de visitação turística no interior e o desenvolvimento de calendários de eventos com potencial turístico e com impacto internacional.

O Programa Valorizar apoia o investimento em iniciativas e projectos com interesse para o turismo, que promovam a coesão económica e social do território, e ainda iniciativas que visem a estruturação de programas de visitação turística no interior e o desenvolvimento de calendários de eventos com potencial turístico e com impacto internacional.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub