Automóvel Inspecções de automóveis aumentam 1,23% em 2018

Inspecções de automóveis aumentam 1,23% em 2018

A partir de 1 de Janeiro de 2018 as tarifas das inspecções técnicas vão variar entre 25,27 euros (no caso de veículos ligeiros) e os 37,82 euros (veículos pesados).
Inspecções de automóveis aumentam 1,23% em 2018
Miguel Baltazar
Sara Ribeiro 28 de dezembro de 2017 às 10:37

As tarifas da inspecção de automóveis vão aumentar, em média, 1,23% a partir do próximo ano. Os novos preços aprovados pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) foram publicados em Diário da República esta quinta-feira, 28 de Dezembro.

Desde 1 de Janeiro de 2015 que as tarifas são actualizadas anualmente de acordo com a taxa de inflação medida pelo índice de preços no consumidor total (sem habitação). E tendo em conta que a última publicação do Instituto Nacional de Estatística (INE) referente a Novembro de 2017 fixou a taxa de variação média anual em 1,23%, este será o aumento implementado já a partir do dia 1 de Janeiro de 2018.

Em 2018 as tarifas das inspecções técnicas vão variar entre 25,27 euros (no caso de veículos ligeiros) e os 37,82 euros (para veículos pesados). A estes valores acresce o IVA.

No caso de motociclos, triciclos e quadriciclos (com cilindra superior a 250 centímetros cúbicos) a tarifa será de 12,72 euros. Já o preço das inspecções de reboques e semi-reboque será de 25,27 euros.

As reinspecções vão ter um custo de 6,34 euros, enquanto as inspecções extraordinários vão passar a ter um valor de 88,22 euros.

O preço de atribuição ou reposição de matrícula vai passar a ser de 63,08 euros e a emissão de segunda via da ficha de inspecção de 2,38 euros.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub