Empresas Isabel dos Santos vem à Maia a 5 de Fevereiro inaugurar nova fábrica da Efacec

Isabel dos Santos vem à Maia a 5 de Fevereiro inaugurar nova fábrica da Efacec

A empresária angolana Isabel dos Santos, que controla a Efacec, vai estar presente, no dia 5 de Fevereiro, na Maia, na inauguração da nova unidade de mobilidade eléctrica da empresa portuguesa.
Isabel dos Santos vem à Maia a 5 de Fevereiro inaugurar nova fábrica da Efacec
A empresária angolana Isabel dos Santos.
Rui Neves 31 de janeiro de 2018 às 10:35

A Efacec, empresa detida em 66% pela Winterfell, sociedade que é controlada pela empresária angolana Isabel dos Santos, vai contar com a presença da sua accionista maioritária, na próxima segunda-feira, 5 de Fevereiro, na sessão de inauguração da nova unidade industrial de mobilidade eléctrica, que foi construída no complexo fabril do grupo português na Maia.

 

A nova unidade industrial, que resulta de um investimento da ordem dos 2,5 milhões de euros, vai permitir aumentar a capacidade anual de produção de carregadores rápidos e ultrarrápidos (15 minutos para 300 quilómetros) para veículos eléctricos, segmento no qual a Efacec é líder mundial.

 

O objectivo da empresa que tem Ângelo Ramalho como CEO é triplicar o peso da mobilidade eléctrica na actividade da Efacec, antevendo um crescimento de dois a três dígitos ao ano, para chegar perto dos 100 milhões de euros em três anos.

 

Em termos de emprego, na área da mobilidade eléctrica, a Efacec prevê passar dos actuais 112 para 190 trabalhadores durante este ano e chegar aos 400 dentro de meia dúzia de anos. 

A cerimónia de inauguração da nova unidade industrial será presidida pelo ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral.

 

No final de 2015, com a chegada de Isabel dos Santos à Efacec, que estava em falência técnica, tudo mudou: converteu prejuízos em lucros de 4,3 milhões de euros em 2016, exercício em que a facturação chegou aos 431,5 milhões de euros, mais 15,5 milhões do que no ano anterior. 

O grupo Efacec emprega actualmente mais de 2.300 pessoas.



(Notícia actualizada às 11:12)




pub