Dividendos Jerónimo Martins pode pagar dividendo extraordinário este ano

Jerónimo Martins pode pagar dividendo extraordinário este ano

Após a venda da unidade industrial, os analistas do CaixaBI acreditam que a Jerónimo Martins pode avançar com o pagamento de um dividendo extraordinário, tal como já fez no passado.
Jerónimo Martins pode pagar dividendo extraordinário este ano
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro 03 de Outubro de 2016 às 11:00

O grupo Jerónimo Martins formalizou sexta-feira a venda da sua participada a 100% Monterroio – Industry & Investmets BV, numa operação que resultará numa mais-valia de 75 milhões de euros para a empresa liderada por Pedro Soares dos Santos.

 

Numa análise a este negócio, André Rodrigues, analista do CaixaBI, salienta que "a concretização desta operação tenderá a traduzir-se numa simplificação da estrutura de negócio da Jerónimo Martins, com um foco mais acentuado no sector de distribuição alimentar".

 

A Monterroio foi comprada pela Sociedade Francisco Manuel dos Santos BV (SFMS), que na sua maioria é detida pela família Soares dos Santos, que controla 56,1% do capital da cotada Jerónimo Martins SGPS. Esta holding pagou um total de 310 milhões de euros à Jerónimo Martins por este negócio.

 

Após esta operação, não é "de excluir a possibilidade de a empresa proceder ao pagamento de um dividendo extraordinário durante o exercício de 2016", refere o analista do banco de investimento.

 

A Jerónimo Martins pagou em Maio um dividendo ordinário de 26,5 cêntimos por acção, referente ao exercício do ano passado. Contudo, em Dezembro, já tinha desembolsado uma remuneração extraordinária de 37,5 cêntimos por acção.

 

De acordo com a Bloomberg, os analistas estimam que a Jerónimo Martins pague um dividendo bruto de 31,5 cêntimos por acção. As previsões do CaixaBI apontam para um dividendo de 32 cêntimos por acção, com um lucro por acção ajustado de 64 cêntimos. Para 2017 as estimativas do mesmo banco apontam para um dividendo de 37 cêntimos.

 

As acções da Jerónimo Martins avançam 1,3% para 15,635 euros. O CaixaBI tem um preço-alvo de 15,20 euros para a Jerónimo Martins, com uma recomendação de "acumular".




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 03.10.2016

É... O Paulo Azevedo que não se ponha fino, não...

Anónimo 03.10.2016

Houve alguém que afirmou que gostava que a SONAE SGPS tivesse um valor baixo,queria que todos os portugueses tivessem acões!Afinal ela não pára de cair!

Anónimo 03.10.2016

Uma boa empresa para se investir,generosa com os seus acionistas,assim compensa investir! 5estrelas.

Anónimo 03.10.2016

Quero vender meia accao do bcp e meia accao da sonae quem quer comprar

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub