Web Summit João Vasconcelos: “Não queremos ser Silicon Valey ou Berlim, queremos ser Portugal”

João Vasconcelos: “Não queremos ser Silicon Valey ou Berlim, queremos ser Portugal”

João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria, defende que Portugal deve procurar uma identidade própria.
A carregar o vídeo ...
André Veríssimo Rosário Lira 06 de novembro de 2016 às 12:00

"Nós não queremos ser Silicon Valey ou Berlim, queremos ser Portugal. E querer ser Portugal é uma identidade própria", afirma João Vasconcelos na entrevista ao Negócios e à Antena 1, a propósito da comparação feita na imprensa estrangeira por ocasião da realização da Web Summit em Lisboa.

"Nós na quinta-feira colocámos vários cartazes pela cidade a dizer ‘Isto não é Silicon Valey’. Na passada semana saiu no Financial Times e no The Guardian a dizer que Lisboa era a nova Berlim, Berlim com sol. Estamos muito orgulhosos e honrados com essa comparação, mas não é essa a nossa estratégia", afirma o secretário de Estado da Indústria.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Camila Oliveira Há 1 semana

Tu queres ser é a lixeira da Europa ficas bem untado,piras-te e o país fica a morrer de podre...

Serip Rotiv Há 1 semana

Governo PSD fascista Receber fundos Aumentou a divida Nunca cumpriu défice Precarizou trabalho Manteve elites Impostos DIRETOS (sem opção) sobre o povo Submissão total à Alemanha Falta de sentido de pátria Mexericos Lavagem de roupa suja literária Propaganda Destruição da saúde Aumento das horas de trabalho Destruição da educação Ditadura dos ricos #VERGONHA!!!!!!

Anónimo Há 1 semana

Caro senhor, Portugal só é independente, só será verdadeiramente Portugal, quando começar a gastar o que produz. Mas como ninguém aí em cima está preocupado com isso, e só está preocupado com o próprio bolso, não é possível. Quando e se aparecer alguém, que seja capaz de dar um grandessíssimo pontapé no rabo de uns tantos, pode ser que isso aconteça. O resto é balela. "Balela", significa "conversa fiada", palavriado de quem se titula dos governante.

Tony Júnior Há 1 semana

No entanto só tomam iniciativas à moda da Venezuela ... meus caros ... o dinheiro que estava a chegar a Portugal já fugiu todo da Geringonça

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub