Desporto Jorge Jesus poderá estar a negociar saída para o PSG, Sporting desmente

Jorge Jesus poderá estar a negociar saída para o PSG, Sporting desmente

O actual treinador do Sporting poderá estar a negociar a saída do Sporting para o PSG. De acordo com o Jornal de Notícias, o segundo classificado da liga francesa terá formalizado um convite ao técnico português de 62 anos.
Jorge Jesus poderá estar a negociar saída para o PSG, Sporting desmente
Pedro Ferreira

Jorge Jesus poderá estar de saída do Sporting. O Jornal de Notícias avança esta manhã que o treinador português, que conduziu os leões ao terceiro lugar da Liga portuguesa deste ano, recebeu um convite formal do Paris Saint-Germain para substituir o espanhol Unai Emery à frente da equipa técnica da equipa da capital francesa.

De acordo com o JN, o PSG estará disposto a pagar os 15 milhões de euros para o Sporting libertar o técnico, correspondentes aos dois anos de contrato que Jesus ainda tem por cumprir.

Ao Negócios, fonte oficial do Sporting nega que esteja a haver qualquer negociação. "Não está a haver nada. Jorge Jesus é treinador do Sporting. Não há nada para confirmar porque não há nada", garantiu Nuno Saraiva.

Segundo apurou o Negócios, Jorge Jesus e Antero Henrique, que alegadamente estará a mediar a transferência para Paris, terão conversado nos últimos dias.

A continuidade de Jorge Jesus à frente do Sporting tem sido muito questionada, depois de mais uma época em que o técnico não conseguiu conquistar o campeonato com os leões. Esta temporada, o Sporting ficou em terceiro lugar, a 12 pontos do campeão Benfica e a seis do FC Porto, que ficou na segunda posição. Ainda assim, Jesus chegou a garantir na semana passada que iria continuar em Alvalade.

A relação entre Jorge Jesus e Bruno de Carvalho tem vindo a deteriorar-se nos últimos tempos, essencialmente por causa dos maus resultados da equipa de futebol.

Duas temporadas, uma Supertaça

Na temporada 2015/2016, a equipa leonina treinada por Jorge Jesus esteve a disputar o campeonato com o Benfica até à última jornada, acabando como vice-campeão, a dois pontos dos encarnados.


A polémica contratação de Jesus foi uma grande aposta de Bruno de Carvalho para fazer do Sporting campeão nacional, um título que já não vai para Alvalade há 15 anos – a última conquista sportinguista teve lugar na época 2001/2002, com Laszlo Boloni ao leme. O Sporting paga 7,5 milhões de euros por ano ao técnico da Amadora.

O único título que Jorge Jesus conquistou desde que se mudou para Alvalade foi a Supertaça da época passada, disputada frente ao seu antigo clube, o Benfica.

Notícia actualizada às 12:11 com a reacção do Sporting


A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
RascaBenfiquista Há 3 semanas

Aí jesus, ver aqueles "racistas" todos a gritar(quando o treinador fizer aquelas invenções): português só para "fame de menage".

ahahahahahahahh Há 3 semanas

O PSG vai precisar de dois tradutores um para traduzir jesusês para português e outro de português para francês.
Se isto se verificar o melhor dos jogos do PSG serão as conferências de imprensa.

RascaBenfiquista Há 4 semanas

Tudo isto deve ser conversas dos "amigos" Portistas ou dos lampiões. JJ faz mais sucesso no Sporting não ganhando nada do que R. Vitoria no Benfica!

JUBA Há 4 semanas

Já ontem era tarde. Mas como português deixo aqui o meu lamento, pois ele vai dar uma pessima imagem dos treinadores portugueses. Se a falar portugues por vezes é necessario um tradutor, como será em francês ? Uma desgraça. Impeçam-no de abrir a boca.

ver mais comentários
pub